Brasil vive segunda pandemia na saúde mental, com multidão de deprimidos e ansiosos, afirma psiquiatra

Estudos já previam um novo momento de intensas alterações emocionais nos indivíduos


0
Psiquiatra Rafael Moreno (Foto: Maria Eduarda Ferrari)

No quadro Direto ao Ponto desta segunda-feira (18), o médico psiquiatra Rafael Moreno fala sobre o aumento nos índices de suicídios e problemas envolvendo a saúde mental das pessoas.

Moreno explica que passado o período mais grave da pandemia de covid-19, se coloca em evidência os resquícios dos problemas sociais, econômicos e psicológicos causados pelas alterações que os indivíduos sofreram em seu dia a dia.

De acordo com o psiquiatra, o aumento da ansiedade e da depressão tem ligação direta com a pandemia e cita que a própria covid-19 causa alterações no sistema nervoso central. Somados a isso estão o luto pela perda de pessoas próximas, bem como as dificuldades econômicas e sociais pelas quais os indivíduos passaram durante esse período.

Todos esses fatores também podem contribuir para o aumento de casos de suicídio. É o que se chama de “cascata emocional: começa com ansiedade, depois aumenta a depressão e, por último, o suicídio”, afirma o médico.

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Por favor, coloque o seu nome aqui