BRF e Minuano têm 501 casos confirmados de coronavírus; maioria já está recuperada

Na primeira etapa de testagem, número representa quase 27% de contaminação em exames realizados entre os dias 11 e 18 de maio.


1
Foto: Divulgação

A Vigilância Epidemiológica de Lajeado, que integra a Secretaria Municipal da Saúde, concluiu nesta quarta-feira (20) a análise dos resultados da primeira etapa de testes rápidos para detecção de anticorpos da Covid-19 realizada pelos dois frigoríficos do município. No total foram 1.858 testes e 501 casos positivos das duas empresas, o que representa 26,9% dos testados.

A boa notícia é que a grande maioria dessas pessoas já são consideradas recuperadas. Conforme a coordenadora da Vigilância Epidemiológica de Lajeado, Juliana Demarchi, pelo menos, 90% dessas pessoas estão com anticorpos e possuem imunidade.

Na BRF, foram realizados 1.553 testes entre os dias 11 e 12 de maio. Deste total, 296 casos deram positivo para anticorpos da Covid-19 (o equivalente a 19,05%). Dos 1.553 testes, 1.120 eram de moradores de Lajeado, dos quais 195 (ou 17,41%) deram positivo.

Na Minuano, foram realizados 305 testes nos dias 16, 17 e 18 de maio. Deste total, 205 deram positivo, o equivalente a 67%. Dos 305 testes, 206 eram moradores de Lajeado, dos quais 171 deram positivo (ou 83%).

Segundo Juliana Demarchi estes dados são muito importantes para avaliar o estágio do surto dentro de cada empresa e aumentar os cuidados para evitar novas contaminações. “Ao mesmo tempo, também se pode verificar que, em uma das empresas, já há um grande percentual de funcionários que tiveram contato com a doença e teriam desenvolvido imunidade, o que reduziria a probabilidade de novos surtos em grande escala”, explica Juliana.

Todos os casos positivos foram informados ao sistema de notificação da Secretaria Estadual da Saúde — os casos de Lajeado são registrados no município, e os casos das outras cidades serão informados pelos seus próprios setores de saúde — e deverão ser somados às tabelas dos municípios nos próximos dias.

Os testes rápidos serão considerados para efeitos de confirmação, mas não serão considerados para efeitos de avaliação das bandeiras do Sistema de Distanciamento Controlado do RS. Isso ocorre porque, como os testes rápidos precisam ser realizados a partir do 10º dia da infecção, em geral a grande maioria das pessoas já se encontra recuperada da doença quando o teste dá positivo.

Na medida em que as empresas seguirem testando suas equipes para atender aos acordos feitos com o Ministério Público e homologados pela Justiça, e os novos resultados forem sendo apurados, serão informados às áreas de saúde de Lajeado e posteriormente repassados à saúde estadual.

Segundo informações repassadas pelas indústrias à Prefeitura de Lajeado, a Minuano possui 1.800 funcionários e a BRF 2.400, totalizando 4.200 trabalhadores. Com isso, faltam ser testadas 2.342 pessoas (66% do total). São aproximadamente 900 funcionários da BRF e outros 1442 da Minuano, que tem testado 180 pessoas por dia. Nesta quinta-feira devem ser repassadas informações de novos testes da Minuano. AI/RS

 

1 comentário

  1. Vamos parar com a palhaçada. Se esse ninho de foco pode seguir a vida, libera tudo e deu.. hipocrisia. Politicagens dinheiro e mais dinheiro rolando solto..

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Por favor, coloque o seu nome aqui