Brincadeira de amigo secreto deve movimentar R$ 6,3 bilhões neste ano

Troca de presentes deve incluir cerca de 57,9 milhões, que vão gastar, em média, R$ 64,40 com cada mimo, apontam SPC e CNDL


0
Foto: Marcos santos /USP Imagens

A tradicional brincadeira de amigo secreto fará parte das comemorações de cerca de 57,9 milhões de brasileiros neste fim de ano e deve movimentar cerca de R$ 6,3 bilhões. Em média, os consumidores pretendem participar de 1,6 evento de amigo secreto, principalmente entre familiares (75%), com amigos (36%) e com colegas do trabalho (26%). O gasto médio estimado na brincadeira será de R$ 64,40 com cada presente.

O levantamento, realizado pela Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas) e pelo SPC Brasil (Serviço de Proteção ao Crédito), aponta que quase quatro de cada 10 (37%) consumidores pretendem participar da troca de presentes. Entre os participantes, 53% afirmam que gostam deste tipo de evento, 48% consideram que é uma boa maneira de economizar nos presentes e 14% participam apenas para não serem julgados como antissociais.

Por outro lado, entre os 44% que não pretendem participar, 34% afirmam que não gostam da brincadeira, 30% querem evitar aglomeração de pessoas devido à pandemia. Outros 28% não irão participar porque parentes, amigos ou colegas de trabalho não têm o costume de fazer a brincadeira.

O presidente da CNDL, José César da Costa, classifica o amigo secreto como uma boa forma de driblar os efeitos da crise sem abrir mão do ato de presentear. “Com o avanço da vacinação, as pessoas estão mais seguras para participar de eventos e confraternizações, e o amigo secreto é uma boa maneira de presentear sem sobrecarregar o orçamento”, afirma ele.

“É uma confraternização coletiva que resolve a obrigação de comprar presentes para várias pessoas, já que cada um se encarrega de presentear apenas um participante e, no fim, ninguém fica sem presente. Neste tipo de brincadeira, todos presenteiam e saem presenteados e é bastante comum estabelecer um limite para o valor a ser gasto”, completa Costa.

Fonte: Correio do Povo

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Por favor, coloque o seu nome aqui