Britney, finalmente, ‘free’: fãs da cantora comemoram

Dezenas de fãs estavam na porta do tribunal em Los Angeles nesta quarta (29)


0
Fã comemora fim da tutela de Britney Spears na porta do tribunal de Los Angeles; movimento 'Free Britney' faz pressão desde 2017 (Foto: Foto AP/Chris Pizzello)

A decisão mais esperada pelos fãs de Britney Spears foi anunciada nesta quarta-feira (30): a cantora está livre da tutela do pai após 13 anos.

Seguidores do “Free Britney”, movimento que faz pressão pelo fim do controle de Jamie Spears, comemoraram quando ele foi suspenso da posição de tutor.

Além de espalhados pelo mundo e conectados nas redes sociais, algumas dezenas de fãs se reuniram na porta do tribunal de Los Angeles, onde a audiência aconteceu.

Jamie já havia desistido de ser tutor, mas sua saída estava prevista para acontecer só na audiência sobre o caso que estava marcada para janeiro de 2022.

No entanto, Britney Spears pediu à justiça dos EUA para acelerar o fim da tutela do pai, e foi atendida pela juíza Brenda Penny.

O contador John Zabel substitui imediatamente Jamie Spears no papel de tutor. Em uma audiência posterior será decidido sobre o fim do processo de tutela de Britney Spears.

‘Free Britney’

O movimento #FreeBritney surgiu a partir da preocupação de fãs de Britney Spears com o bem-estar da cantora. O principal ponto é a tutela legal que, segundo eles, deixou Britney “presa” desde 2008. O movimento, segundo site oficial, busca “acabar com a tutela e aumentar a conscientização sobre o abuso da tutela”.

Documentários, como o “Framing Britney Spears: A Vida de uma Estrela”, produzido pelo “The New York Times” e disponível no Globoplay, ampliaram a força do grupo. Recentemente, o tradicional jornal americano lançou outro filme, intitulado “Controlling Britney Spears” (“Controlando Britney Spears”), no qual revela Jamie Spears instalou equipamentos escondidos de vigilância no quarto de Britney para ouvir suas conversas.

Após as denúncias, o FBI passou a investigar o pai da cantora. Outro documentário, “Britney vs. Spears”, da Netflix, lançado nesta terça-feira (28), observa que Britney tentou duas vezes contratar seu próprio advogado no início da guarda, mas isso foi-lhe negado. Ela finalmente conseguiu nomear Matthew Rosengart como seu advogado em julho e, em agosto, seu pai entrou com uma petição para encerrar a tutela da cantora.

Fonte: G1

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Por favor, coloque o seu nome aqui