Butantan desenvolve nova vacina contra H3N2 e outras variantes da gripe

Os imunizantes serão distribuídos no Sistema Único de Saúde (SUS) já em 2022


0
Foto: Tânia Rêgo / Agência Brasil

Diante do aumento de casos de gripe no Brasil, principalmente causados pela influenza H3N2, o Instituto Butantan está produzindo uma nova vacina contra a gripe que irá conter essa cepa do vírus e o subtipo Darwin. De acordo com o Butantan, os imunizantes serão distribuídos no Sistema Único de Saúde (SUS) já em 2022. A nova vacina contra a influenza será trivalente, composta pelos vírus H1N1, H3N2, do subtipo Darwin, e a cepa B. Segundo o instituto, o imunizante será importante para combater o surto de influenza H3N2 que atinge o Brasil e conter o espalhamento do vírus. Fonte: CNN

Potências nucleares emitem nota contra expansão de armamentos atômicos

China, Rússia, Reino Unido, Estados Unidos e França declararam que uma expansão dos armamentos nucleares e uma guerra nuclear devem ser evitados, de acordo com uma nota conjunta emitida pelas cinco potências nucleares e publicadas pelo Kremlin nesta segunda-feira (03).O comunicado do grupo chamado de P5 ocorre num momento em que as relações bilaterais entre Estados Unidos e Rússia passam pela pior fase desde o fim da Guerra Fria, enquanto as relações entre Washington e Pequim também estão em baixa por conta de uma série de discordâncias. Fonte: CNN

Em Estrela, governador anuncia novos recursos para o Avançar na Saúde

O governador Eduardo Leite e a secretária da Saúde, Arita Bergmann, estarão em Estrela, hoje terça-feira (4), a partir das 14h30, a fim de anunciar novos recursos para o Avançar na Saúde. Os valores serão destinados a serviços de saúde de todas as regiões do Estado. O evento ocorre no Parque Princesa do Vale. Fonte: Secom RS

Empossados diretores das escolas estaduais na 3ª CRE

Na manhã desta segunda-feira (3) foi realizada a solenidade de posse dos diretores e vice-diretores das escolas estaduais para a gestão 2022/2024. O ato organizado pela 3ª Coordenadoria Regional de Educação (CRE) ocorreu às 9h, no auditório do Instituto Estadual de Educação Estrela da Manhã, em Estrela. A atividade contou com a participação da secretária de Educação do Rio Grande do Sul, Raquel Teixeira, que promoveu uma live. Na ocasião, também foi discutido sobre o calendário escolar de 2022. AD

INSS começa ano com mais de 1,8 milhão de requerimentos em análise

A fila para benefícios do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) começa o ano de 2022 com 1.865.209 requerimentos em análise. O estoque alto dos benefícios previdenciários e assistenciais se mantém desde 2019, e em janeiro do ano passado estava em 1,7 milhão. O volume inclui tanto os processos que estão com até 45 dias como os acima disso. O INSS fez um acordo com o Ministério Público e com a Defensoria Pública, homologado pelo Supremo Tribunal Federal, para definir prazos que não haviam antes para os requerimentos de reconhecimento inicial de direito. Fonte: Correio do Povo

Mundo bate recorde de infecções por covid, mas mortes seguem em queda

O mundo registrou um recorde de 2,4 milhões de novos casos de Covid-19 nas últimas 24 horas, impulsionado pelos Estados Unidos, que pela primeira vez desde o início da pandemia registrou mais de 1 milhão de infectados em apenas 1 dia (1,08 milhão). Foi também a primeira vez que o mundo registrou mais de 2 milhões de novos casos. Apesar da explosão no número de infectados devido à variante ômicron do novo coronavírus, que é altamente contagiosa, o número de mortes segue em queda. Fonte: G1

Bolsonaro sanciona volta da propaganda partidária gratuita

O presidente Jair Bolsonaro sancionou o projeto de lei que autoriza a volta da propaganda partidária gratuita em rádio e televisão. A medida foi publicada nesta terça-feira no Diário Oficial da União. A propaganda partidária havia sido extinta na reforma eleitoral de 2017. O texto assinado pelo presidente veta a compensação fiscal às emissoras de rádio e TV. Diferente do horário eleitoral, a propaganda partidária é uma transmissão anual que beneficia todos os partidos registrados no Tribunal Superior Eleitoral (TSE), e funciona como uma forma de divulgação da legenda para atrair novos filiados. Fonte: Correio do Povo

Bolsonaro não deve ser operado, afirmam médicos

Os médicos que acompanham o presidente Jair Bolsonaro descartaram a necessidade de o presidente passar por uma nova cirurgia. Segundo boletim médico, a obstrução no intestino se desfez. Ainda não há previsão de alta. Fonte: G1

Produção e apresentação: Luís Fernando Wagner
Próxima edição, à 18h

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Por favor, coloque o seu nome aqui