Butantan pode negociar lote extra da CoronaVac direto com estados e municípios

Dimas Covas chegou a dizer que o lote poderia ser exportado para países que já manifestaram interesse na compra.


0
Foto: Divulgação / Instituto Butantan

O diretor do Instituto Butantan, Dimas Covas, afirmou nesta quinta-feira (28) que pode negociar diretamente com estados e municípios do Brasil o lote extra de 54 milhões de doses da CoronaVac oferecidos ao Ministério da Saúde.

O governo federal ainda não fez uma solicitação formal das doses e outros países também já manifestaram interesse. Dimas Covas chegou a dizer que o lote poderia ser exportado para países que já manifestaram interesse na compra. O contrato para a inclusão da vacina no Plano Nacional de Imunização (PNI) prevê a compra de 46 milhões de doses da CoronaVac, com entrega até 30 de abril, mas há possibilidade de solicitação de outros 54 milhões, totalizando 100 milhões.

A vacina contra a Covid-19 é produzida em parceria pelo Butantan e pela farmacêutica chinesa Sinovac.

Fonte: G1

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Por favor, coloque o seu nome aqui