Butantan vai entregar antes do previsto 100 milhões de doses da vacina

Fábrica trabalha 24 horas para produzir o imunizante. Nessa semana chegam da China mais 8 mil litros do chamado IFA, que equivale a 14 milhões de doses.


0
Funcionários manuseiam frascos com doses da vacina contra Covid-19 Coronavac no Instituto Butantan, em São Paulo (Foto: Amanda Perobelli/Reuters)

O Instituto Butantan vai concluir a entrega de 100 milhões de doses da vacina contra a covid-19 ao Ministério da Saúde até o dia 30 de agosto deste ano. Isso representa um mês antes da data-limite que foi acordada em contrato com o governo federal. Somente em março, serão entregues 21 milhões de vacinas.

“Isso só foi possível porque a fábrica do Butantan está trabalhando 24 horas por dia. Até o fim de abril entregaremos 46 milhões de doses, e até 30 de agosto, outras 54 milhões. Inicialmente era 30 de setembro. A orientação é tentarmos acelerar o máximo possível a produção, tendo em vista que é a única solução definitiva para o Brasil sair dessa crise”, disse o governador João Doria (PSDB), em entrevista coletiva nesta segunda-feira, 1° de março.

Na quarta-feira, 3, o Butantan faz a entrega de um mega lote de 900 mil doses. Desde a semana passada, o laboratório começou a liberação de um total de 3,4 milhões de doses, com uma média de 420 mil por dia. Este lote foi envasado no Brasil, com a matéria-prima vinda da China.

Ainda essa semana chegam da Ásia mais 8 mil litros do chamado IFA (Ingrediente Farmacêutico Ativo), a matéria-prima, capaz de produzir 14 milhões de doses. A meta do governo paulista é, a partir de dezembro, fabricar todo o processo da vacina em território nacional, sem depender de insumo da China.

Desde sábado, 27 de fevereiro, começou a campanha de imunização em todo o estado de São Paulo para idosos entre 80 e 84 anos. A partir da quarta-feira, 3, começa a aplicação em pessoas de 77 a 79 anos, neste último grupo estão 430 mil pessoas. O estado já vacinou um total de 2.383.056 pessoas, com pelo menos a primeira dose.

Por conta da alta demanda, a prefeitura de São Paulo vai instalar mais dois postos drive-thru de vacinação: um no Estádio do Morumbi, na região Sul, e no Memorial da América Latina, na região Oeste. Os novos locais vão funcionar a partir desta terça-feira, 2, das 8h às 17h.

Fonte: Exame

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Por favor, coloque o seu nome aqui