Câmara aprova denominação de Rua dos Pardais a via que liga bairros Bom Pastor e Montanha

Pavimentação, calçamento, e liberdade econômica foram alguns dos temas debatidos na sessão desta terça.


0
Sessão teve dois novos projetos aprovados (Foto: Caroline Silva)
Sessão teve dois novos projetos aprovados (Foto: Caroline Silva)

A Câmara de Vereadores de Lajeado aprovou dois projetos de lei que estavam na ordem do dia na sessão ordinária desta terça-feira (20). Por solicitação dos moradores, foi aprovado de forma unânime pelos parlamentares, nominar de Rua dos Pardais, a via que liga os Bairros Bom Pastor e Montanha. O outro projeto de lei também aprovado por todos os vereadores abordava a denominação de rua. A rua localizada em frente a Escola de Ensino Fundamental Vida Nova, no Bairro Conventos, foi nomeada de Rua Jacob Richter.

Entre os assuntos debatidos pelos parlamentares na sessão esteve o modelo de liberdade econômica que se pretende para o município. Se trata de um projeto que não obriga o trabalho dos comerciários aos domingos, mas prevê liberdade para abrir, se houver interesse. O parlamentar Ildo Paulo Salvi (PSDB), se mostrou favorável ao projeto e fez menção a outros municípios que adotaram este modelo. Em contrapartida, Sérgio Miguel Rambo (PT) se posicionou contra a proposta e disse que a liberdade econômica não irá gerar emprego e renda ao município.

A vereadora Mariela Portz (PSDB) fez uma sugestão de projeto de lei para a próxima gestão. A parlamentar sugeriu a criação de uma plataforma online de voluntariado. Conforme ela, com isso a comunidade poderia publicar doações o ano inteiro, além de doar valores para projetos voluntários já existentes.

Outro assunto comentado pelos vereadores foi o calçamento em algumas ruas de Lajeado. Salvi observou que muitas pessoas ainda não têm condições de pagar pela obra e Waldir Blau (MDB) disse que é minoria aqueles que são contra o calçamento. Enquanto isso, Nilson José do Arte (PP) e Antônio Marcos Schefer (MDB) relataram que há moradores que receberam cobranças por calçamento feito há mais de 10 anos no município.

Ernany Teixeira da Silva (PP) comentou sobre as calçadas de passeio e disse que é preciso tomar providências naquelas em que os pedestres são colocados em risco em meio aos veículos. Seguindo nessa linha, o vereador Carlos Eduardo Ranzi (MDB) disse que poderia haver um folheto disponibilizado aos moradores informando sobre quando irá haver pavimentação e quais os transtornos.

Novamente Rambo falou sobre a demora de mais de horas do transporte coletivo e se manifestou sobre paradas de ônibus que teriam desaperecido de onde estavam. Ele diz que desconhece o critério utilizado para trocar de lugar os pontos de ônibus.

O parlamentar Ederson Fernando Spohr (MDB) comentou sobre um pedido de requerimento para a criação de vagas de embarque e desembarque para motoristas de táxis e aplicativos em frente a bancos e supermercados. Também falou sobre a pavimentação do Parque de Eventos do município que, conforme ele, é um local que precisa crescer.

Lorival Ewerling dos Santos Silveira (PP) sugeriu que as entidades empresariais de Lajeado trabalhem para diminuir a desigualdade social no município. Conforme o vereador, não se pode pensar apenas no comércio. Sérgio Luiz Kniphoff (PT) comentou sobre as internações por Covid-19 no Hospital Bruno Born (HBB) e pediu para que a comunidade siga se cuidando. Também criticou a demora da chegada dos EPIs nas escolas estaduais da região.

Texto: Caroline Silva
jornalismo@independente.com.br

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Por favor, coloque o seu nome aqui