Câmara aprova em primeiro turno PEC que recria auxílio emergencial

Votação do segundo turno ficou para esta quinta-feira (11), às 10h. Programa deve beneficiar cerca de 40 milhões de brasileiros


0
Foto: MARCELLO CASAL JR/AGÊNCIA BRASIL

A Câmara dos Deputados aprovou na madrugada desta quinta-feira (11), em primeiro turno, a PEC (Proposta de Emenda à Constituição) Emergencial, que autoriza a retomada do auxílio emergencial e congela gastos públicos. A votação do segundo turno ficou para hoje, às 10h, em sessão extraordinária.

A intenção do presidente Arthur Lira (PP-AL) era concluir todo o processo durante a madrugada, mas não foi possível. A Câmara dos Deputados aprovou na madrugada desta quinta-feira (11), em primeiro turno, a PEC (Proposta de Emenda à Constituição) Emergencial, que autoriza a retomada do auxílio emergencial e congela gastos públicos. A votação do segundo turno ficou para hoje, às 10h, em sessão extraordinária.

A intenção do presidente Arthur Lira (PP-AL) era concluir todo o processo durante a madrugada, mas não foi possível. A PEC Emergencial permite que as despesas com o auxílio não fiquem sujeitas as regras fiscais. A previsão é de que cerca de 40 milhões de brasileiros devem ser contemplados com quatro parcelas até junho. O valor não consta na matéria, mas deve ficar entre R$ 250 a R$ 300.

Fonte: R7

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Por favor, coloque o seu nome aqui