Câmara aprova urgência de texto sobre impostos da reforma tributária

Confira os destaques do Correspondente das 8h


0
Foto: Mário Agra/Câmara dos Deputados

Por 322 votos favoráveis e 137 contrários, a Câmara dos Deputados aprovou nesta terça-feira (9) o requerimento de urgência para a votação do Projeto de Lei Complementar de Regulamentação da Reforma Tributária. O relatório final foi apresentado na semana passada pelo grupo de trabalho composto por deputados federais para analisar o texto proposto pelo governo federal ainda em abril. Com a aprovação da urgência, o projeto vai direto para a votação em plenário, já pautado para a sessão plenária desta quarta-feira. Pela proposta, a alíquota média de referência da nova tributação, que é a soma do Imposto sobre Bens e Serviços (IBS) de estados e municípios e a Contribuição sobre Bens e Serviços (CBS) federal, será 26,5%. Vários setores, porém, terão descontos na alíquota referencial ou isenção total, como é o caso da cesta básica. Fonte: Correio do Povo

Pinguim é flagrado andando pelas ruas de cidade da Argentina

Uma cena inusitada foi flagrada nessa terça-feira na Argentina. Um pinguim foi filmado andando pelas ruas da cidade de Rio Grande, na Terra do Fogo. A região tem sido castigada com frio extremo de -20ºC.

Parlamento gaúcho fará parte do processo da OAB que pede extinção da dívida com a União

Os deputados estaduais aprovaram o ingresso da Mesa Diretora da Assembleia Legislativa no processo movido pela seccional gaúcha da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB-RS) no Supremo Tribunal Federal (STF) que pede a extinção da dívida do Rio Grande do Sul com a União. O projeto foi aprovado pela unanimidade de 37 votos favoráveis. Esta ação tramita há 12 anos no Supremo. Nela, a OAB-RS sustenta que os índices de correção do contrato são ilegais e defende que a dívida gaúcha com a União já foi quitada total ou parcialmente.

Petrobras estuda importar mais gás da Bolívia, diz presidente

A presidente da Petrobras, Magda Chambriard, manifestou nesta terça-feira, 9, o interesse da companhia no incremento da produção de gás na Bolívia e no aumento do volume de importação do insumo para o Brasil. Hoje o mercado consumidor brasileiro demanda 50 milhões de metros cúbicos (m³) de gás natural por dia. Acreditamos que esse mercado pode ser triplicado, alcançando 150 milhões de m³ diários. Esse gás servirá como insumo para a indústria petroquímica e para a produção de fertilizantes.

Vereadores de Lajeado aprovam homenagem para Roberto Lucchese pela reconstrução da Ponte de Ferro

Um projeto de lei que tramitava na Câmara de Vereadores de Lajeado foi aprovado por todos os vereadores na sessão desta terça-feira (9). Ele concede o título de Cidadão Lajeadense Benemérito a Roberto Lucchese, da construtora Lyall pela reconstrução da Ponte de Ferro, que teve parte levada pela enchente no início de maio. O vereador Deolí Gräff (PP) destacou a coragem do empresário em fazer a obra acontecer. Já o suplente, Marcelo Xavier do Amaral (MDB), que está no lugar de Carlos Eduardo Ranzi, do mesmo partido, falou que a ação de Lucchese serve de exemplo para o poder executivo. Outros vereadores também se manifestaram e parabenizaram o empresário pela ação em parceria com outras empresas.

Assembleia do RS aprova LDO para 2025

A Assembleia Legislativa aprovou, durante sessão plenária desta terça-feira (9), o projeto da Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO) para 2025, protocolado pelo governo do Rio Grande do Sul. A previsão de déficit de R$ 362 milhões não deve se refletir no Orçamento do ano que vem, segundo o governo, visto que o texto foi formulado antes das enchentes de maio. A proposta foi aprovada por 31 votos favoráveis e 12 contrários. Fonte: Correio do Povo

Produtores pedem ao governo mais dez dias no calendário do trigo no RS

O senador Ireneu Orth (PP-RS) solicitou, nesta terça-feira, 9, ao Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, prazo adicional de 10 dias para o plantio de trigo no Rio Grande do Sul, no contexto das regras de Zoneamento Agrícola de Risco Climático (Zarc). A iniciativa busca reduzir danos causados pelas enchentes de maio e a continuidade das chuvas nas áreas a ser implementadas e garantir a elegibilidade ao seguro rural.

Mega-Sena pode pagar R$ 9 milhões nesta quarta-feira

O concurso da Mega-Sena pode pagar R$ 9 milhões nesta quarta-feira (10). O sorteio ocorre às 20h, em São Paulo. As apostas podem ser feitas até as 19h nas agências lotéricas ou pela internet. O bilhete mínimo, com seis números, custa R$ 5. Se um apostador faturar o prêmio principal sozinho e aplicar o dinheiro na poupança, receberá mais de R$ 50 mil em rendimentos apenas no primeiro mês.

 

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Por favor, coloque o seu nome aqui