Câmara de Teutônia votará redução dos salários de agentes políticos nesta terça-feira

Medidas visam a diminuição de até 30% nos rendimentos do prefeito, vice, secretários, subsecretários, cargos em confiança, funções gratificadas e vereadores.


0
Foto: Reprodução / Arquivo / Natalia Ribeiro

Encaminhado em regime de urgência à Câmara de Vereadores de Teutônia, na tarde desta segunda-feira (6), pela Prefeitura, um projeto de lei para a redução de até 30% dos salários dos agentes políticos do município será colocado em votação em sessão extraordinária, a ser realizada às 15h desta terça-feira (7). A confirmação é do presidente da casa, Cleudori Paniz (PSD), que adiantou uma iniciativa do Legislativo no mesmo sentido.

A Câmara formata um projeto para reduzir em 20% os salários dos vereadores, pelo período de três meses – igual ao que é previsto no texto da administração. Conforme Paniz, a economia poderá ser de R$ 78 mil, caso a proposta seja aprovada. Já com relação ao projeto da Prefeitura, a economicidade prevista é de R$ 400 mil nos 90 dias em que a iniciativa vigorar. O objetivo é aplicar os recursos no combate à Covid-19. Teutônia não tem pacientes confirmados com a doença.

Com relação ao Executivo, a proposta de redução é a seguinte: ao prefeito e vice, a diminuição salarial seria de 30% – hoje o valor pago é de R$ 27.068,90 e R$ 12.182,83, respectivamente. Já aos secretários, que recebem R$ 7.602,93, a redução proposta é de 20%; mesmo percentual de diminuição é projetado para os subsecretários, que têm R$ 6.579,77 como salário. Os cargos em confiança e as funções gratificadas teriam diminuição de 10%. Nesses casos os rendimentos vão de R$ 1.705,72 a R$ 9.854,27, de acordo com as atividades desempenhadas.

Texto: Natalia Ribeiro / jornalismo@independente.com.br

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Por favor, coloque o seu nome aqui