Câmara retoma discussão sobre PEC que recria auxílio emergencial

A aprovação em primeiro turno se deu 341 votos favoráveis e 121 contrários


0
Foto: Luis Macedo / Câmara dos Deputados

A Câmara dos Deputados volta a analisar na manhã desta quarta-feira o texto da Proposta de Emenda à Constituição (PEC) que recria o auxílio emergencial. Os deputados aprovaram o projeto em primeiro turno na madrugada de hoje, mas agora precisam analisar destaques e levá-lo a uma segunda votação. A aprovação em primeiro turno se deu 341 votos favoráveis e 121 contrários.

A PEC institui mecanismos de ajuste nas despesas, como congelamento de salários de servidores, quando há elevado comprometimento das finanças de União, Estados e municípios. A proposta abre espaço fiscal para o pagamento do auxílio emergencial com valores entre R$ 175 e R$ 375 já a partir de março.

O sinal verde para a primeira votação veio depois de o próprio presidente Jair Bolsonaro ter endossado, a contragosto do Ministério da Economia, uma tentativa de fatiar a PEC para deixar de fora parte das medidas mais duras. A investida acabou não vingando.

Fonte: Correio do Povo

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Por favor, coloque o seu nome aqui