Campanha “Todos pela Lívia” se reinventa, alcança R$ 6 milhões e segue com ações

Nesta quarta-feira (22), o prefeito de Teutônia, Jonatan Brönstrup, fará uma live musical com sua dupla, “Jô e Arlei”. Apresentação pode ser acompanhada na página oficinal do prefeito no Facebook a partir das 20h.


0
Lívia Teles (Foto: Instagram / Divulgação)

Mesmo com cancelamentos de muitos eventos devido à pandemia causada pelo novo coronavírus, a campanha “Todos pela Lívia” segue mobilizando voluntários em busca de ações para ajudar a menina Lívia Teles, portadora de Atrofia Muscular Espinhal (AME) tipo 1. No último sábado (18) foi comemorada a conquista pelos R$ 6 milhões já arrecadados, sendo que depois da conquista dos R$ 4,5 milhões, as ações passaram a ser somente de forma virtual por conta da pandemia. A primeira delas foi um pedágio online que arrecadou R$ 120 mil.

A partir disso, outras formas de contribuir sem precisar sair de casa foram surgindo para que a campanha tivesse continuidade. Voluntárias estão confeccionando máscaras de proteção para vender e repassar os valores para a campanha e estão acontecendo diferentes ações entre amigos de forma virtual que podem ser conferidas no perfil do Instagram @liviatls. Além disso, Lívia também se integra à novidade do momento, que são as lives. Diversos cantores estão arrecadando recursos para combater a pandemia através da plataforma.

O mesmo acontece com a campanha da menina. Nesta quarta-feira (22), o prefeito de Teutônia, Jonatan Brönstrup, fará uma live musical com sua dupla, “Jô e Arlei”. A apresentação pode ser acompanhada na página oficinal do prefeito no Facebook a partir das 20h. O objetivo da ação é arrecadar doações para a menina.

A campanha busca conquistar R$ 9 milhões antes que Lívia complete dois anos de idade, em outubro deste ano. No entanto, com a alta do dólar, o valor para o remédio que pode curar a menina pode passar a custar R$ 11 milhões, segundo seu pai, Anderson Teles. Lívia foi diagnosticada aos quatro meses de vida com Atrofia Muscular Espinhal (AME) tipo 1. A cura de sua doença depende do medicamento zolgensma, cuja aplicação é feita apenas nos EUA.

Texto: Gabriela Hautrive
producao@independente.com.br

Confira também:

Medicamento que Lívia Teles precisa pode ser registrado no Brasil até junho

Campanha “Todos Pela Lívia” alcança R$ 5,9 milhões

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Por favor, coloque o seu nome aqui