“Câncer de pele representa cerca de 30% de todos os tumores malignos”, afirma dermatologista

“Os sinais iniciais são bastante discretos”, explica Luci Pilati.


0
Foto: Ilustrativa

A dermatologista Luci Pilati falou sobre o câncer de pele em bate-papo no programa Panorama desta segunda-feira (1º). Ela observa que as pessoas se preocupam mais com o câncer de pele no verão, mas a preocupação deveria ser durante todo o ano. “O câncer de pele é o câncer mais comum de todos os tipos. Ele representa cerca de 30% de todos os tumores malignos que as pessoas apresentam”, informa.


ouça a entrevista

 


 

Dermatologista Luci Pilati (Foto: Tiago Silva)

Os primeiros sinais geralmente são mudanças de colocarão na pele, surgimento de manchas avermelhadas pelo corpo. “Os sinais iniciais são bastante discretos”, explica a dermatologista. “O ideal é que se preocupe logo no estágio inicial, pois mais de 90% das lesões podem ser curadas”, detalha.

Luci diz que esse tipo de câncer está mais associado à grande exposição de sol na juventude.

A profissional defende a importância de se aplicar protetor solar, mesmo nos dias nublados e quando a pessoa estiver em casa. A quantidade adequada é uma colher de chá para o rosto e três colheres de sopa para o corpo, com reaplicação periódica ao longo do dia.

Ela indica também a utilização de chapéus de abas longas, roupas térmicas ou com manga longa, além de óculos solares para reduzir o impacto dos raios solares.

Texto: Tiago Silva
web@independente.com.br

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Por favor, coloque o seu nome aqui