Carrefour deposita R$ 1 milhão para a viúva de João Alberto, espancado e morto em novembro de 2020

Além do pagamento da indenização, o Carrefour já havia finalizado oito acordos com os demais familiares de João Alberto


0

O Grupo Carrefour Brasil anunciou que depositou deliberadamente R$ 1 milhão para Milena Alves, 43 anos, viúva de João Alberto Silveira Freitas, 40 anos, o Beto, morto durante espancamento por seguranças no interior do hipermercado da avenida Plínio Brasil Milano, no bairro Passo da Areia, em Porto Alegre, em novembro de 2020. A empresa encaminhou também R$ 100 mil extras diretamente na conta bancária dela para gastos mais urgentes.

Além do pagamento da indenização à Milena Alves, o Carrefour já havia finalizado oito acordos com os demais familiares de João Alberto, que incluem os quatro filhos, o pai, a irmã, a enteada e a neta. O Grupo Carrefour Brasil lembrou que manteve assistência financeira e psicológica à disposição da família de João Alberto Freitas, incluindo uma assistente social e os gastos do dia a dia, como compras em supermercados, aluguéis, transportes e educação, entre outros.

Fonte: Correio do Povo

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Por favor, coloque o seu nome aqui