Carreira de Eva Wilma se confunde com a própria história da TV brasileira

Corpo da atriz de 87 anos foi enterrado na tarde deste domingo (16) em São Paulo


0
Foto: Reprodução / TV Globo

O corpo da atriz Eva Wilma, de 87 anos, foi enterrado na tarde deste domingo (16) em São Paulo. Ela morreu na noite deste sábado (15). Ela enfrentava um câncer de ovário e estava internada no Hospital Albert Einstein, na Zona Sul de São Paulo, desde o dia 15 de abril para tratamento de problemas cardíacos provenientes do tumor. Para não causar aglomerações, a família da atriz optou por não divulgar o local e nem o horário do sepultamento.

Eva Wilma começou aos 18 anos na antiga TV Tupi. Em quase sete décadas de carreira, ela também brilhou no cinema e nos palcos.

Eva Wilma foi uma mulher plural desde o nascimento. Filha de pai alemão e mãe argentina, de origem russo-judaica, ela nasceu em São Paulo. Por causa dos pais, começou na música ainda pequena. Aprendeu a cantar, tocar violão e piano.

Mas foi como bailarina clássica que ela pisou no palco pela primeira vez. Aos 19 anos, Eva Wilma conquistou uma vaga no balé que se apresentou na comemoração do IV Centenário de São Paulo, mas três meses depois, trocou a dança pelo teatro de arena.

Premiada 93 vezes ao longo da carreira. Foram 34 peças de teatro, 30 filmes no cinema e 63 trabalhos na televisão. O primeiro deles na TV Tupi, em 1953, no seriado “Alô Doçura”.

Nem a pandemia parou esta grande atriz que se adaptou aos novos tempos. Em setembro do ano passado estreou uma peça virtual: “Eva, a live”.

Fonte: G1

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Por favor, coloque o seu nome aqui