Carro do comboio presidencial se envolve em acidente na frente do Palácio do Planalto

O veículo bateu contra o meio-fio, e o impacto acionou o airbag.


0
Foto: Pedro Henrique Gomes / G1

Um carro do comboio presidencial se envolveu em um acidente, na manhã desta quarta-feira (1º), em frente ao Palácio do Planalto, em Brasília. O veículo bateu contra o meio-fio, e o impacto acionou o airbag. Um segurança ficou ferido e foi levado ao Hospital das Forças Armadas. O presidente Jair Bolsonaro (sem partido), que estava em outro veículo e vinha mais atrás, desceu do carro para verificar a situação. Os ministros Ricardo Salles (Meio Ambiente) e o general Augusto Heleno (Gabinete de Segurança Institucional) também acompanharam o resgate.

MPRJ denuncia deputado estadual Márcio Pacheco por esquema de rachadinha

O Ministério Público do Rio de Janeiro (MPRJ) denunciou nesta quarta-feira (1) o deputado Márcio Pacheco, do PSC, por um esquema de rachadinha — a mesma investigação que envolve o senador Flávio Bolsonaro (Republicanos). Pacheco, ex-líder do governo Witzel na Alerj, é o primeiro denunciado no RJ pela prática. Pacheco vai responder pelo crime de peculato.

Reflexos de ciclone bomba causam ventos fortes em RJ, RS, SC e SP nesta quarta

Os estados do RJ e de SP devem sofrer fortes rajadas de vento nesta quarta-feira (1º) influenciadas pelo “ciclone bomba” que causou estragos, destruição e 10 mortes no Sul do país na terça. Nas capitais dos dois estados, a ventania derrubou árvores nesta madrugada. O estado de São Paulo pode registrar rajadas de vento em torno de 80km/h por conta dos reflexos ciclone extratropical que segue atuando em Santa Catarina. Na noite de terça, a frente fria chegou ao estado paulista e duas lanchas e sete barcos afundaram em Peruíbe, no litoral. Em Itapeva, várias quedas de árvores foram registradas. No Rio, a previsão é de ventos de até 76 km/h na capital e ressaca com ondas que devem atingir os 3,5 metros, segundo o Centro de Operações Rio. Em Santa Catarina, a previsão é de ventos de ate 100 km/h até o fim da tarde. Na manhã desta quarta-feira, cidades do Rio Grande do Sul ainda registravam ventos fortes. Na madrugada, por volta da 1h, Santa Vitória do Palmar, na Região Sul, teve rajadas de 116,6 km/h.

Bolsonaro prorroga Auxílio Emergencial por dois meses

O presidente Jair Bolsonaro prorrogou por mais dois meses o Auxílio Emergencial, destinado a trabalhadores informais e beneficiários do Bolsa Família. O decreto 10.412 foi publicado na edição desta quarta-feira (1º) do Diário Oficial da União (DOU).
Na terça (30), o ministro da Economia, Paulo Guedes, antecipou a prorrogação da ajuda do governo. Segundo Guedes, a proposta era que fossem pagas mais quatro parcelas em dois meses, que somarão R$ 600 por mês, totalizando R$ 1,2 mil.

Idoso é a terceira vítima de Covid-19 de Estrela; 46ª do Vale do Taquari

Um homem de 72 anos é a terceira vítima de Covid-19 no Vale do Taquari. Ele estava internado no Hospital Estrela desde o dia 4 de junho no Hospital Estrela, e desde o dia 06 na UTI da casa hospitalar. Faleceu na madrugada desta quarta. Segundo o hospital, o idoso não tinha outras comorbidades. Ele é o 46º paciente a falecer pela doença no Vale do Taquari e o sétimo óbito por Covid-19 na região nos últimos seis dias. A morte ainda não foi contabilizada pela Secretaria Estadual de Saúde. Agora o Vale do Taquari tem 46 óbitos por Covid-19 em dez municípios (43 já contabilizados pelo Estado). São eles: Lajeado (22), Cruzeiro do Sul (5), Encantado (4), Paverama (3), Teutônia (3), Estrela (3), Roca Sales (2), Taquari (2), Bom Retiro do Sul (1) e Arvorezinha (1). A região tem 3.118 casos de coronavírus, sendo que, conforme as prefeituras de referência, 2.794 (89,6%) pessoas estão recuperadas. São 280 pacientes ativos (9,0%) e 43 óbitos (1,37%) segundo o Estado. Três óbitos devem entram para a contagem hoje, chegando a 46 óbitos por Covid-19 na região. RS

Resultados iniciais de plebiscito mostram que mais de 70% dos russos apoiam permanência de Putin

Cerca de 73% dos russos apoiaram as mudanças constitucionais que permitem que Vladimir Putin seja eleito mais duas vezes, de acordo com relato da agência Interfax nesta quarta-feira (1º). Os primeiros resultados, da apuração no extremo leste do país, mostram que 73,7% dos eleitores apoiam as reformas, afirma outra agência, a RIA. Houve uma pequena manifestação na Praça Vermelha, em Moscou, por causa da possibilidade de Putin ficar no poder até 2036.

Produção e apresentação: Júlio César Lenhard
Próxima edição: hoje, às 18h

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Por favor, coloque o seu nome aqui