Muitos casais fracassam porque não sabem conjugar o “nós”, afirma terapeuta

Respeito, companheirismo, lealdade/fidelidade, sexo bom e divertido, conectados pela comunicação saudável, são as chaves para um relacionamento saudável.

0
Foto: Arquivo / Divulgação

Para a psicóloga e terapeuta de casais Rosane Tunerrmann, “muitos casais fracassam porque não sabem conjugar o ‘nós’”. “O ser humano foi criado para relacionamentos, dentro do DNA do ser humano tem essa necessidade do pertencimento”, destaca. Conforme ela, o problema dos casamentos infelizes é que as pessoas buscam o prazer como princípio, meio e fim. “Temos prazer sim, mas além do prazer, temos desafios”, diz.


ouça a entrevista

 


Rosane diz que crises são previsíveis, e a chave do relacionamento saudável é como lidar com elas. “O grande desafio do ser humano é aprender a enfrentar as suas crises, sejam elas conjugais, no trabalho, nos relacionamentos”, comenta. “E no casamento, hoje em dia, as pessoas não estão dispostas a negociar”, percebe.

“O casamento é formado por dois indivíduos. Inconscientemente, nós nos aproximamos do nosso par pelo que nos falta, não é tanto a beleza ou outras características”, nota. “Não casamos com o ‘eu real’, mas o que imaginamos do outro”, explica.

Após essa ‘lua de mel’, começa uma disputa pelo poder no relacionamento. Sempre é o parceiro quem tem que melhorar, diz Rosane. “Muitos casais, nessa fase, se separam porque não conseguiram enfrentar”, afirma.

“Todo o casamento é como uma grande escadaria, e a gente precisa subir as escadas. Cada degrau é uma crise”. Para superá-las, explica, são necessárias quatro características no relacionamento: respeito, companheirismo, lealdade/fidelidade, sexo bom e divertido. “São como quatro pés de um banco, são valores importantíssimos. A ligação entre os quatro se dá por uma comunicação saudável”, afirma a terapeuta de casais. TS

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Por favor, coloque o seu nome aqui