Casal de fisiculturistas e treinador desmistificam rotina de treinamentos e uso de esteroides no esporte

Coach explica que o fisiculturismo exige autoconhecimento, disciplina e estudo


0

O quadro “Sem Preconceito” desta sexta-feira (10), dentro do programa Panorama, recebeu o casal de fisiculturistas Rodrigo Klabunde (31), atleta Classic Physique, e Larissa Dick (21), atleta da categoria Bikini, e o treinador Jhonny Ewerton. Em pauta, desmistificar esse esporte que é definido por Jhonny como “a Fórmula 1 de todos os esportes” em função do mais alto desempenho físico em relação à musculação.


ouça a entrevista

 


Recentemente, Larissa, que treina há dois anos, foi primeira colocada no Campeonato Brasileiro de Fisiculturismo em sua categoria, e Klabunde, que pratica há 12 anos, ficou em quarto. Para o casal, fazer os treinos em conjunto ajuda bastante na questão da rotina compartilhada e na força que um dá ao outro em seguir a dieta.

A jovem nota que o esporte tem cada vez mais seguidores, principalmente entre os jovens.

Na visão do treinador, o preconceito ainda existe, mas ele começa a ficar mais lateralizado. De acordo com ele, fisiculturismo não é só tomar esteroides e levantar peso; o coach afirma que exige muito autoconhecimento, disciplina e estudo. “É 24h voltado para isso. Tem que gostar”, pontua.

Questionados se é possível praticar sem o uso de ergogênicos e anabolizantes, o casal Larissa e Klabunde apresentam opiniões mistas. Ela diz que é possível, e que sempre competiu sem fazer o uso. Já ele argumenta que “a favor a gente nunca é, mas qualquer esporte de alto nível – luta, natação, corrida – tem o uso de anabolizantes”.

O atleta procura desmistificar a discussão. Ele entende que é preciso buscar informações, acompanhar estudos e conversar com seu coach para ver se é possível, viável e indicado, preservando a saúde do esportista.

O treinador vai por essa linha, e destaca que são remédios que complementam a rotina quando o uso é feito da maneira correta, atrelando desempenho e saúde.

Texto: Tiago Silva
web@independente.com.br


DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Por favor, coloque o seu nome aqui