Casal inova e oferece banho e tosa através do “pet móvel” no Vale do Taquari

Projeto é pioneiro na região e surgiu no início do ano após Paula e Wilson de Souza venderem o estabelecimento convencional que tinham há cinco anos.


0
Empreendedores Wilson Silva Souza (22) e Paula Consul de Souza (24) (Foto: Gabriela Hautrive)

Apaixonados por cães e com desejo de inovar sem deixar de trabalhar com os animais. Foi mais ou menos nessa linha, que Wilson Silva Souza (22) e Paula Consul de Souza (24), moradores de Fazenda Vilanova, resolveram lançar uma proposta pioneira para o Vale do Taquari, o “pet móvel”. Em um trailer adaptado, eles vão de casa em casa para prestar serviços de banho e tosa. O processo funciona como um pet shop tradicional, porém sem que a pessoa precise se deslocar até um determinado estabelecimento. A ideia de ter o empreendimento nesse modelo é antiga, mas só foi colocada em prática no início do ano, e há cerca de duas semanas entrou de fato em funcionamento na região.


OUÇA A REPORTAGEM


Casal trabalha junto e divide as tarefas durante os atendimentos (Foto: Gabriela Hautrive)

O casal conta que as coisas começaram a tomar forma após a venda da agropecuária convencional que tinham durante cinco anos. Logo depois, iniciou a pandemia do novo coronavírus, e com isso, as recomendações de distanciamento social, o que foi ao encontro da proposta, que é facilitar o acesso das pessoas na higiene dos cães sem precisar que o tutor saia de casa. “Sempre gostamos de ir na casa do cliente para buscar os cãezinhos, ter um atendimento personalizado e também explicar como funciona o serviço, então assim surgiu a ideia do pet móvel”, conta Paula.

Além do Vale do Taquari, o trailer com o nome de “Paula Pet” puxado pelo carro de passeio do casal, também percorre as cidades de Nova Santa Rita e Canoas. Cada dia da semana é destinado a um município. “Normalmente a gente chega na cidade às 8h e o horário de sair não é definido, depende de como conseguimos encaixar os clientes. Na segunda-feira atendemos em Estrela, nas terças em Bom Retiro, quarta-feira Paverama, quinta-feira em Teutônia e sexta e sábados em Nova Santa Rita e Canoas”. O espaço é novo, sonhado e projetado pelo casal com todas as adaptações necessárias.

Cor de rosa por fora, com chuveiro a gás, secador, gavetas, banheira e espaço para guardar enfeites e utensílios na parte interna, Wilson Silva Souza conta que a estrutura é revestida com chapas de compensado por dentro, atendendo as demandas que eles precisam. “Ele tem isolamento impermeável por conta da água que sai do pelo do cachorro, tem todos os equipamentos, secador, soprador, tudo o que precisa para executar o serviço”, explica.

Proposta que surgiu no momento certo

Souza e Paula nem sonhavam com a pandemia, quando já dormiam pensando no projeto do pet móvel, mas, mesmo sem saber, ambas as situações, surgiram na mesma época. Fator que é avaliado pelo casal como uma espécie de acerto. Obviamente eles não estão felizes com o fato de existir a pandemia, mas acreditam que, sem o empreendimento, estariam em uma situação financeira mais delicada. “Se ainda tivéssemos o espaço físico, estaríamos como todos os outros empreendedores do nosso município, país e do mundo inteiro, estaria ‘remando’”, pondera o empreendedor.

Os proprietários do pet móvel estão muito satisfeitos com o resultado e inclusive já atingiram a meta de ultrapassar dez atendimentos diários. “Agora queremos avançar um pouco mais, até porque é muito recente ainda aqui no Vale, mas acreditamos que vai dar certo”, diz Wilson. Segundo ele, um dos fatores responsáveis por esse sucesso é a falta de tempo das pessoas e a comodidade que o serviço proporciona, além de terem a oportunidade de assistir o momento em que seus cães tomam banho.

Os valores, conforme Paula, variam muito de acordo com o tamanho e pelagem do animal, mas o preço mínimo é de R$ 20. Quem tiver interesse em conhecer um pouco mais do trabalho, pode entrar em contato através do número 9-9691-4014, ou então procurar por Paula Pet nas redes sociais. O casal possui cursos de auxiliar de veterinário estão sempre em busca de atualizações. “Buscamos sempre o aperfeiçoamento com a escola do Mimado da Montanha, em Lajeado”, conta Paula. Além disso, os empreendedores adiantam que estão preparando novidades para os atendimentos.

Texto: Gabriela Hautrive
producao@independente.com

Assista ao vídeo 

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Por favor, coloque o seu nome aqui