Caso Carrefour: polícia indicia seis pessoas pela morte de João Alberto

Todos foram indiciados por homicídio triplamente qualificado.


1

A Polícia Civil indiciou nesta sexta-feira (11) seis pessoas pela morte de João Alberto Silveira Freitas, 40, cliente negro que foi espancado por seguranças de uma loja do Carrefour da zona norte Porto Alegre, em 19 de novembro.

Todos foram indiciados por homicídio triplamente qualificado. Entre os seis estão os seguranças que cometeram as agressões, a fiscal que acompanhou toda a ação e três funcionários com participação menor no caso.

1 comentário

  1. Qual a necessidade de dizer “cliente negro” sendo branco ou preto ele tinha uma fixa criminal nada agradavel, a justiça precisa ser feita sim, mas tem inumeras pessoas que morrem todos os dias, pessoas de bem que não tem a mesma midia sobre elas. Ele não era flor que se cheira, repito que um erro não justifica o outro mas parem de endeuzar quem não fez por merecer

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Por favor, coloque o seu nome aqui