Caso Henry: Justiça aceita denúncia e Monique e Jairinho viram réus

Juíza também decretou prisão preventiva do casal acusado de matar o menino de 4 anos em 8 de março


0

A Justiça do Rio recebeu nesta sexta-feira (7) a denúncia do Ministério Público contra Monique Medeiros e o vereador Dr. Jairinho, acusados por homicídio triplamente qualificado pela morte de Henry Borel. A juíza Elizabeth Machado Louro, da 2ª Vara Criminal da Capital, também decretou a prisão preventiva da mãe e do padrasto do menino.

A decisão considerou a possível coação de testemunhas por parte do casal e as conversas encontradas pela polícia no celular de Monique, que revelaram que ela sabia das agressões do namorado contra o filho. Para a magistrada, outro ponto relevante foi o fato de a prisão temporária, no dia 8 de abril, ter sido cumprida em uma casa não informada aos investigadores.

Fonte: R7


DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Por favor, coloque o seu nome aqui