Caumo vai a Porto Alegre para assinar termo de compromisso para Central de Polícia que será construída

A nova construção vai reunir a Delegacia de Polícia de Pronto Atendimento (DPPA); Delegacia Especializada no Atendimento à Mulher (Deam); Delegacia de Repressão às Ações Criminosas Organizadas (Draco), Delegacia de Polícia (DP) de Lajeado e Delegacia Regional


0
Atualmente os órgãos da Polícia Civil de Lajeado estão situados em diferentes endereços (Foto: Gabriela Hautrive)

Nesta sexta-feira (01) o prefeito de Lajeado, Marcelo Caumo, irá para Porto Alegre assinar o termo de compromisso com o Governo do Estado para a construção da nova Central de Polícia do município. A prefeitura fará a doação de área para construção do novo prédio e terá o compromisso de desenvolver o projeto e o orçamento. Da parte do Estado virão a licitação e a construção, com recursos do programa Avançar na Segurança. O encontro ocorre às 14h na capital.

As cinco delegacias de polícia de Lajeado estarão em um único prédio, em local com cinco pavimentos, além de um auditório com capacidade para 120 pessoas para realização de eventos e organização de operações.

O terreno onde funcionará o espaço foi cedido pela prefeitura e está situado na esquina das ruas Coelho Neto e Fábio Brito de Azambuja, no Bairro São Cristóvão, com 2.640 metros², onde antigamente havia uma praça municipal.

Caumo comemora a parceria entre município e estado. “Esta é mais uma grande conquista para a comunidade, e em especial para a área da segurança, que vem recebendo importantes investimentos nos últimos anos”, destaca. O prefeito ainda menciona outras obras concluídas fruto desta parceria, como o quartel do Corpo de Bombeiros, Centro Integrado de Comando e Controle e Delegacia de Repressão às Ações Criminosas Organizadas (Draco).

Conforme o chefe do Executivo Municipal, os investimos do governo do Estado em Lajeado, só neste ano de 2022, somam aproximadamente R$ 40 milhões. “Tudo isso é possível porque a cidade consegue ser ágil na elaboração de projetos”, ressalta.

A nova construção vai reunir a Delegacia de Polícia de Pronto Atendimento (DPPA); Delegacia Especializada no Atendimento à Mulher (Deam); Delegacia de Repressão às Ações Criminosas Organizadas (Draco), Delegacia de Polícia (DP) de Lajeado e Delegacia Regional. Além disso, terá espaço para instalação da criação de uma futura segunda DP do município.

Doação do terreno para construção da central de polícia

O terreno para a construção da Central de Polícia foi doado pela Prefeitura de Lajeado para o Estado do Rio Grande do Sul, em 18 de março de 2022, através da Lei Municipal nº 11.335/22. A prefeitura ainda auxiliou com a confecção do projeto arquitetônico da obra, além de custear todos os projetos auxiliares necessários para sua realização.

Texto: Caroline Silva
jornalismo@independente.com.br

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Por favor, coloque o seu nome aqui