Cavaleiro brasileiro é suspenso por maus tratos aos animais

Leandro Aparecido da Silva se envolveu em uma grande polêmica há cerca de nove meses ao aparecer em um vídeo agredindo um pônei


0

Membro da seleção brasileira que disputou os Jogos Olímpicos de Pequim, na China, em 2008, o cavaleiro Leandro Aparecido da Silva se envolveu em uma grande polêmica há cerca de nove meses ao aparecer em um vídeo agredindo um pônei. Nesta semana, o atleta de hipismo adestramento foi suspenso pela Federação Internacional Equestre (FEI, na sigla em francês) e ficará três anos sem poder competir. A punição ao brasileiro veio em cima do artigo 142 das regras da entidade, que proíbe os maus tratos aos animais.

Leandro Aparecido tem agora 21 dias para recorrer da punição na Corte Arbitral do Esporte (CAS, na sigla em inglês). Com mais de 20 anos de hipismo, Leandro Aparecido integrou a equipe brasileira nos Jogos Pan-Americanos de Santo Domingo-2003 (República Dominicana), Guadalajara-2011 (México) e Lima-2019 (Peru), onde foi medalha de bronze na competição por equipes ao lado de João Victor Oliva, João Paulo dos Santos e Pedro de Almeida. O ápice da carreira do atleta foi em 2008, quando ele representou o Brasil nos Jogos Olímpicos de Pequim no adestramento por equipes.

Fonte: R7


DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Por favor, coloque o seu nome aqui