CCR ViaSul divulga vagas para trabalhar na duplicação da BR-386

Interessados irão atuar no primeiro trecho, em Marques de Souza


0
Foto: CCR ViaSul / Divulgação

A CCR ViaSul informa as vagas disponíveis para quem tiver interesse em trabalhar nas obras de duplicação da BR-386 neste primeiro trecho, em Marques de Souza. Ao todo, são sete funções em aberto e os candidatos devem atender aos requisitos abaixo, respectivamente:

– 1 vaga para motorista de sinalização: ter ensino médio completo, experiência comprovada em carteira de trabalho e CNH categoria ‘D’;

– 1 vaga para armador: ter ensino fundamental completo e experiência comprovada na carteira de trabalho;

– 1 vaga para eletricista de rede contínua: ter ensino médio completo e experiência comprovada em carteira de trabalho;

– 1 vaga para servente de obra: ter ensino fundamental completo, experiência comprovada em carteira de trabalho e residir em Marques de Souza ou região;

– 1 vaga para motorista de caminhão-pipa: ter ensino médio completo, experiência comprovada em carteira de trabalho e CNH categoria ‘C’ ou ‘D’;

– 2 vagas para motorista truck: ter ensino médio completo, experiência comprovada em carteira de trabalho e CNH categoria ‘C’ ou ‘D’;

Candidatos interessados devem encaminhar currículo para o email vagas@eurovias.com.br, ou ainda, acessar o site da empresa www.eurovias.com.br.

Outras informações também podem ser obtidas pelo Disque CCR ViaSul no 0800 000 0290, pelo WhatsApp (51) 3303-3858, no site www.ccrviasul.com.br ou ainda pelo aplicativo ‘CCR Rodovias Sul’.

Duplicação mais esperada do RS

São cerca de 600 trabalhadores diretos e indiretos atuando em 20 frentes da duplicação, exercendo as atividades de supressão vegetal, terraplenagem, escavação de material rochoso, drenagem, fabricação de infraestruturas de obra de arte especiais (estacas, vigas para pontes) e de placas de sinalização vertical.

Para a realização de todos esses processos são utilizadas aproximadamente 100 máquinas entre escavadeiras, rolo pneumáticos, motoniveladoras, guindastes, caminhões, tratores, pás carregadeiras e motosserras. Ao todo estão previstos cerca de R$ 300 milhões nas obras de duplicação deste primeiro trecho.

Além da duplicação dos 20,3 quilômetros no trecho, a CCR ViaSul irá construir 13 quilômetros de vias marginais, dois retornos em nível, seis adequações de acesso, quatro passarelas de pedestres, seis novas pontes, seis alargamentos de pontes existentes, duas passagens inferiores e duas superiores.

Ainda, serão implantados novos dispositivos de segurança, como 50 quilômetros de defensa metálica, nove quilômetros de barreiras e 170 terminais atenuadores de impacto, bem como iluminação das passarelas de pedestres, pontos de ônibus e nas vias marginais.

Até 2030, a CCR ViaSul irá duplicar mais de 165 quilômetros da BR-386 entre Carazinho e Lajeado, beneficiando 22 municípios ao longo do trecho de concessão. Ao todo, na BR-386 no trecho entre Canoas e Carazinho, serão duplicados 225,2 quilômetros da rodovia, com 10,2 quilômetros de construção de faixas adicionais e 75,5 quilômetros de novas vias marginais. Ainda, serão construídos 52 novos acessos, 28 novas interconexões, 27 retornos em nível, 18 novas passarelas, quatro passagens inferiores e 58,3 quilômetros de nova iluminação.

Todo esse investimento faz parte do programa de concessão federal no Rio Grande do Sul, tendo como órgão regulador a Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT). AI/VM

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Por favor, coloque o seu nome aqui