Cem mudas de árvores são plantadas na primeira edição do “Viva Lajeado + Verde”

Ações aconteceram em pontos dos bairros Florestal e Moinhos


2
Foto: Artur Dullius

Na manhã desta sexta-feira (8), 100 mudas de árvores frutíferas e nativas foram plantadas em dois pontos urbanos do município de Lajeado. As atividades fazem parte da primeira edição do programa “Viva Lajeado + Verde”, realizado pela Associação Comercial e Industrial de Lajeado (Acil), em parceria com a Câmara de Vereadores e a Parceiros Voluntários.


ouça a reportagem

 


O plantio das mudas foi aberto para a participação da comunidade em geral e contou também com o apoio de diversas autoridades do município. Conforme Cristian Bergesch, presidente da Acil, a iniciativa surgiu por uma ideia da filha da ex-presidente da entidade, Aline Eggers Bagatini. “Temos a necessidade de humanizar o Centro da cidade. Os bairros já tem bastante árvore e natureza, mas o nosso Centro e carece de árvores com flores e frutas, que humanizem e deixem bonita a nossa cidade”, explica.

 

De forma paralela, o tema também já era preocupação na Câmara de Vereadores. A vereadora Ana da Apama (MDB), juntamente com o vereador Rodrigo Conte (PSB), encaminhou um requerimento falando da importância da arborização em Lajeado. Diante das iniciativas, o Legislativo firmou um termo de parceria com a Acil.

“Não somente neste projeto, que é o primeiro, mas quem sabe em muitos outros, em outros bairro também, pra que a gente possa ter uma Lajeado mais verde, com o ar mais puro e locais bacanas para as pessoas aproveitarem em família. Além da sombra, também estamos contribuindo com o meio ambiente, pois precisamos do oxigênio a cada minuto”, projeta Ana.

Foto: Artur Dullius

Foram plantadas 15 mudas de Ipê-Amarelo na Avenida Benjamin Constant, junto a calçada do Presidio Estadual de Lajeado, e outras 85 mudas frutíferas e nativas em uma área verde da Rua Santos Dumont, no Bairro Moinhos. As 100 árvores também fazem alusão ao centenário da Acil. “Essa iniciativa é uma provocação para todas as entidades, para que existam mais ações neste sentido, para que se humanize o nosso município. Nós precisamos crescer, melhorar como cidade e precisamos também que a comunidade se sinta bem onde nós vivemos”, afirma Bergesch.

A proposta, de acordo com a vereadora, é que o “Viva Lajeado + Verde” se torne uma campanha permanente. “Tudo é uma questão de cultura e de educação. Quanto mais projetos como este tivermos, que façam as pessoas perceberem o quanto isso é importante para todos nós, elas vão mudando esta cultura. Inclusive, aqui no Bairro Moinhos terão árvores frutíferas, que a própria população vai estar se beneficiando destas frutas depois. Também fica mais bonito, mas colorido, mais alegre. Será um local onde as pessoas vão gostar de ir. Todos nós ganhamos e a gente consegue fazer uma Lajeado mais verde e mais pura”, conclui Ana.

Texto: Artur Dullius
reporter@independente.com.br

2 Comentários

  1. Que bom que estas poucas foram plantadas , enquanto bem próximo foi destruída uma mata nativa com árvores centenárias isto é triste um plena área urbana

  2. hahaahahahhahahaahahhahahaha

    Desmatam a luz do dia. Nem árvore nativa escapa!
    De boa intenção o inferno e Lajeado estão cheios.

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Por favor, coloque o seu nome aqui