Cerca de 1,5 mil veículos participam de carreata em apoio a Bolsonaro e contra o STF em Lajeado

Mobilizações foram registradas em todo o país neste feriado do dia 7 de setembro, em que é celebrado o Dia da Independência do Brasil


3

 

Em apoio ao presidente Jair Bolsonaro e contra o Supremo Tribunal Federal (STF), cerca de 1,5 mil veículos, conforme os organizadores, foram às ruas de Lajeado na tarde desta terça-feira (7), feriado em que é celebrada a Independência do Brasil. Mesmo com chuva, veículos de passeio e caminhões lotaram as ruas centrais da cidade com bandeiras do Brasil, buzinas e execuções dos hinos Nacional e Rio-Grandense. Uma série de atos mobilizou as capitais no dia em que o país comemora os 199 anos da Independência Brasileira em relação a Portugal.

 

As manifestações ganharam força após embates do presidente com o STF, em que o supremo, inclusive, se tornou o maior alvo dos atos após conflitos que os ministros Luís Barroso e Alexandre de Moraes tiveram nas últimas semanas com Bolsonaro em relação ao voto impresso e o inquérito das fake news, respectivamente. Em Lajeado, o ato foi organizado pelo Movimento União de Direita (MUD), com realização de uma carreata que saiu das imediações da Univates por volta das 15h. O grupo seguiu em direção ao Parque do Imigrante, onde algumas pessoas permaneceram em manifestação.


OUÇA A REPORTAGEM


 

A programação inicial era de que os apoiadores fossem ao Parque dos Dick, mas por conta das condições climáticas, mudaram o local. Os manifestantes passaram pela Avenida Senador Alberto Pasqualini, subiram a Rua Júlio de Castilhos, voltando pela Pasqualini, na altura do escritório da Minuano, e seguiram em direção ao parque. Conforme um dos organizadores do evento, Irno Gisch, as criticas da manifestação vão contra os ministros do STF. “Estamos defendendo todos os incisos do artigo 5º da constituição que nos dá total liberdade de ir e vir e também a liberdade de expressão que está sendo tirada, infelizmente, por alguns ministros do STF”, relata.

O resultado da mobilização, o apoiador entende que é uma consequência para depois da data de 7 de setembro. “Cabe às autoridades competentes, mas o desejo do povo, e a gente oficialmente não está pedindo isso, mas o desejo do povo com certeza é destituição dos ministros do STF, pelo menos alguns”, completa. Conforme a organização, representantes de diferentes cidades do Vale do Taquari marcaram presença na carreata realizada em Lajeado. “Arroio do Meio foi a primeira cidade que chegou. Aumentou a expectativa que era 50 veículos e vieram mais de 70, inclusive muitos caminhoneiros se fazendo presente, tinha pessoal confirmado de Estrela, Teutônia, Fazenda Vilanova, Marques de Souza, Santa Clara do Sul e Cruzeiro do Sul”, relata.

 

Gish ressalta que a chuva atrapalhou um pouco, mas mesmo assim, surpreendeu as expectativas e foi possível reunir um número expressivo de apoiadores. “Contando aí no mínimo duas pessoas por veículo, porque a maioria vai com a família, então pelo somos acima de 2 a 3 mil pessoas”. A concentração final da mobilização foi no Parque do Imigrante por volta das 16h15, reunindo cerca de 200 pessoas, entre os pavilhões 1 e 2.

No local os presentes puderam fazer o uso do microfone, onde reforçaram suas indignações contra o STF e apoio ao presidente Jair Bolsonaro. Segundo os organizadores, o Movimento Unidão de Direita recebeu liberação da a Brigada Militar, Departamento de Trânsito e Prefeitura de Lajeado para realização dos atos.

“Medida dentro das quatro linhas da constituição”

Um dos organizadores e líderes do Movimento União de Direita (MUD), Cauê Mallmann, relata que o ato em apoio ao presidente teve o propósito de dar autonomia para que Bolsonaro possa tomar medidas dentro das quatro linhas da constituição. “Para acabar com os arroubos por parte de alguns ministros, pois as ações de alguns ministros do STF são ilegais, agem como o ofendido, o promotor e o julgador, mandando prender sem o devido processo legal e ainda por “crimes” que não estão no código penal como por exemplo, ato anti-democrático, milícia digital e outros”, entende.

Mallmann ainda acrescenta que o ministro do TSE está mandando desmonetizar canais de conservadores por supostas fake-news, o que os apoiadores consideram uma censura. “Quanto tempo vai demorar para um ministro mandar prender o presidente da república usando os mesmos métodos?”, questiona.

Participação de Bolsonaro e atos contra seu governo

O próprio presidente Jair Bolsonaro participou dos atos de manifestações nesta terça-feira (7) com seu apoiadores. Pela manhã, em Brasília, ele discursou na Esplanada, e depois foi para a cidade de São Paulo, onde marcou presença no protesto da Avenida Paulista. Nas duas cidades houve grandes concentrações ao longo de boa parte do feriado. Lideranças e políticos governistas também confirmaram os atos em outras diversas capitais brasileiras, do Norte ao Sul do Brasil.

Também na capital federal, conforme informações do jornal Correio do Povo, manifestantes de oposição ao governo do presidente Jair Bolsonaro se reuniram na Torre de TV, área central de Brasília. Eles pediam a saída de Bolsonaro da Presidência da República. O local foi reservado aos grupos contrários a Bolsonaro, enquanto seus apoiadores se concentram na Esplanada dos Ministérios.

Em Arroio do Meio, por volta das 13h, cerca de 100 veículos percorreram algumas ruas da cidade, entre elas a Dr. João Carlos Machado, a principal da área central da cidade. (Imagens: Ricardo Sander)

 

Texto: Gabriela Hautrive
reportagem@independente.com.br

 

3 Comentários

  1. O mito merece tudo isso, graças a ele somente nós ricos podemos comprar gás de cozinha, comer carne, abastecer o carro, ele está colocando os pobres no lugar deles. Onde já se viu, não dá nem mais pra ir num shopping, voar de avião, fazer um cruzeiro que vai ter um pobre que financiou em 24 vezes o pacote. Pra nós, grandes empresários, este é o melhor presidente, já pros pobres e dono do mercadinho, já não posso dizer o mesmo.

  2. Eita site bom, um artigo melhor que o outro!

    Vou acompanhar.

    Faz uma visita no meu site também.
    Tenho uma estratégia muito boa que tenho certeza que
    você vai amar quando ver.

    Abraço.

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Por favor, coloque o seu nome aqui