Cerca de 2,3 mil alunos são esperados para retorno das aulas na rede municipal de Arroio do Meio

Alunos pertencem ao Ensino Fundamental de 13 escolas que voltam nesta quarta-feira (16). As 820 crianças da Educação Infantil já retornaram em janeiro


0
Foto: Daiane Laís Kalsing / Divulgação

O ano letivo vai começar para mais de 2,3 mil alunos matriculados na rede municipal de ensino que pertencem a 13 Escolas Municipais de Ensino Fundamental (Emefs) e voltam às aulas nesta quarta-feira (16). Conforme a assessoria de imprensa do município, a Educação Infantil já havia retornado no mês de janeiro, com cerca de 820 alunos. Para o retorno do Ensino Fundamental, cerca de 500 profissionais das Emefs e das Escolas Comunitárias de Educação Infantil (ECEIs) se reuniram na segunda-feira (14) para a abertura oficial realizada no Salão Comunitário de Rui Barbosa.

A secretária de Educação, Iliete R. Winck salientou que o retorno das atividades escolares está sendo diferente. “Não estamos mais à distância, apesar dos cuidados que ainda se fazem necessários. Isso é extremamente importante a nós profissionais da educação, pois aprendemos através das trocas, experiências e vivências.”

A vice-prefeita Adriana Meneghini Lermen ressaltou a responsabilidade que os educadores têm na formação de cada aluno, pois, segundo ela, a escola é uma engrenagem que precisa funcionar para que as crianças sejam bem atendidas em todos os aspectos. “As crianças vêm de um processo que foi à distância e sei o quanto isso foi prejudicial para elas e para nós educadores. Estamos nesse momento recuperando algo que nos foi tirado, além de repensar o nosso fazer pedagógico.”

Já o prefeito Danilo Bruxel enalteceu a responsabilidade da educação arroio-meense, visto que são mais de 3,2 mil crianças e jovens matriculados nas escolas, sejam elas municipais ou de educação infantil. “O nosso compromisso como Administração é grande. Os pais acreditam e confiam no ensino municipal e Arroio do Meio tem uma história bonita na área da educação. É um município reconhecido pelas pessoas que temos, pelos alunos que vocês já prepararam ou estão preparando.”

Após os pronunciamentos, o público assistiu a palestra “Ensinando e aprendendo com prazer: a neurociência entra em ação”, ministrada pelo professor e pesquisador da Unicamp, José Meciano Filho. O tema teve como objetivo apresentar as estruturas cerebrais envolvidas com o prazer e motivação, propondo ações, atitudes comportamentais e estratégias a serem aplicadas para o incentivo dos gestores, melhorando e facilitando o trabalho junto aos seus funcionários e alunos, no caso dos professores. AI/GH

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Por favor, coloque o seu nome aqui