Certel convida entidades para aderirem ao projeto Harmonia Sustentável

Objetivo é estimular a sustentabilidade da Microbacia do Arroio Harmonia


0

A Certel apresentou na manhã desta quarta-feira (6) a sua mais nova ação socioambiental, o Projeto Harmonia Sustentável, para entidades de Teutônia. O objetivo é estimular a sustentabilidade da Microbacia do Arroio Harmonia, de acordo com os 17 ODS’s (Objetivos de Desenvolvimento Sustentável) da Organização das Nações Unidas. No auditório da cooperativa, em Teutônia, estiveram o prefeito de Teutônia, Celso Aloísio Forneck e a vice-prefeita, Aline Röhrig; a presidente do Sindicato dos Trabalhadores Rurais, Liane Brackmann; o gerente regional da Emater, Marcelo Brandoli e o chefe do Escritório local, Micael Serpa; o diretor do Colégio Teutônia, Jonas Rückert; e o presidente da Câmara de Indústria, Comércio e Serviços (CIC) de Teutônia, Airton Roque Kist.

Segundo o diretor de geração e comercialização de energia da Certel e vice-presidente do Comitê Taquari Antas, Julio Cesar Salecker, relacionar o projeto com os 17 ODS’s possibilita avaliar diferentes aspectos de grande importância para a natureza e toda a sociedade. “A intenção é promover um estudo e consequentes ações que garantam a melhoria dos recursos naturais e da qualidade de vida, até estimulando para que mais iniciativas similares possam surgir em outros locais”, pontuou.

O presidente da Certel, Erineo José Hennemann, salientou a importância do projeto, que já conta com a parceria da Univates e do Comitê de Gerenciamento da Bacia Hidrográfica Taquari-Antas, e que visa preservar as condições naturais dos 17 quilômetros quadrados da microbacia. “O Arroio Harmonia tem uma importância muito grande para a cooperativa, pois foi através dele que surgiu a Certel, em 1956. Agora, nada mais justo que retribuirmos esse desenvolvimento conquistado por meio da conscientização e preservação, a fim de que o arroio, o habitat, a fauna e as localidades no entorno se mantenham em plenas condições, beneficiando as atuais e futuras gerações com a sustentabilidade da bacia”, explanou.

Conheça os 17 ODS’s

1 – Erradicação da pobreza;
2 – Fome zero e agricultura sustentável;
3 – Saúde e bem-estar;
4 – Educação de qualidade;
5 – Igualdade de gênero;
6 – Água potável e saneamento;
7 – Energia limpa e acessível;
8 – Trabalho descente e crescimento econômico;
9 – Indústria, inovação e infraestrutura;
10 – Redução das desigualdades;
11 – Cidades e comunidades sustentáveis;
12 – Consumo e produção responsáveis;
13 – Ação contra a mudança global do clima;
14 – Vida na água;
15 – Vida terrestre;
16 – Paz, justiça e instituições eficazes;
17 – Parcerias e meios de implementação. AI/VM


DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Por favor, coloque o seu nome aqui