Certel quer participar de instalação de usina hidrelétrica na Barragem Eclusa

Diretor de Geração de Energia Julio Cesar Salecker afirma que usina teria capacidade de gerar energia para 100 mil pessoas


1
Barragem Eclusa (Foto: Divulgação)

A Certel Energia mantém o seu princípio da geração de energia limpa e renovável. Seguindo neste objetivo, a cooperativa tem o interesse de participar da implantação de uma usina hidrelétrica junto a Barragem Eclusa, em Bom Retiro do Sul.

Julio Salecker, vice-presidente do Comitê de Gerenciamento da Bacia Hidrográfica dos Rios Taquari-Antas e diretor de geração e comercialização de energia da Certel

Conforme o diretor de geração e comercialização de energia da Certel, Julio Cesar Salecker este projeto está sob a responsabilidade de outros empreendedores, mas a cooperativa quer estar presente. “Pelo projeto que tivemos acesso, a usina teria capacidade de gerar até 35 megawatts, energia capaz de atender a vida de 100 mil pessoas”, informa.

Salecker pontua que a barragem existe desde a década de 1970 e que atualmente poderia estar gerando energia com a movimentação das águas. “Uma barragem com tantos anos de existência, com toda a questão ambiental resolvida e consolidada está botando essa energia fora na operação das comportas. Essa água que passa igual nesse ponto poderia estar gerando energia”, comenta.

Ainda não há uma data definida para implantação da usina, mas pela sua experiencia, Salecker entende que um prazo de três anos seria adequando para iniciar a operação a partir do início das obras. A Certel possui 65 anos de geração de energia e atende 48 municípios.

Para os próximos três anos prevê a instalação de uma eólica de 40 megawatts na região da Lagoa da Harmonia, além de dar sequência nos projetos de usinas solares e hidrelétricas.

1 comentário

  1. Olá,
    Quando se fala em questão ambiental resolvida, se cogita na indenização de ribeirinhos até hoje não feita?

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Por favor, coloque o seu nome aqui