Certel se antecipa à participação de veículos elétricos nas vendas globais, que devem chegar a 50% em 2033

Primeiro carro 100% elétrico foi adquirido em novembro passado pela cooperativa


0
Foto: Gabriela Santos/Divulgação

Uma verdadeira revolução na locomoção por automóveis está a caminho e os países devem se preparar para um novo tipo de demanda. Um relatório divulgado recentemente pela Rystad Energy prevê que a participação de veículos elétricos nas vendas globais de automóveis novos pode disparar ao longo da próxima década. Hoje, segundo a consultoria, esse tipo de carro responde por uma parcela de 4,6%, mas pode ultrapassar os 50% a partir do ano de 2033. O número é um alerta aos governos e planejadores do segmento de energia, que desde já precisam preparar seus parques de geração e redes de distribuição de energia para a demanda que está por vir. Em 2021, a Rystad Energy espera que os veículos elétricos representem cerca de 6,2% das vendas globais de automóveis de passageiros, com a participação subindo para 7,7% no ano seguinte.

Com o seu primeiro carro 100% elétrico adquirido em novembro passado e com o primeiro ponto de abastecimento da região inaugurado em fevereiro deste ano, integrando o seu 65º aniversário, a Certel norteia suas ações para a evolução da sustentabilidade. “A cooperativa projeta ampliar futuramente sua frota, inclusive com caminhões elétricos. Paralelamente, investe consideravelmente em redes de transmissão, subestações, equipamentos e em capital humano para atender a demanda dos próximos anos”, assinala o diretor de operação e manutenção, Daniel Luis Sechi.

“Precisamos estar muito conectados com as tendências do futuro, para que nossos atendimentos sejam cada vez mais eficientes e que o meio ambiente seja preservado para as próximas gerações. O nosso ponto de abastecimento elétrico foi instalado para também beneficiar os moradores da região que possuam carros elétricos, e que não terão nenhum custo para abastecer conosco. É uma postura inovadora e pioneira da Certel que vem de encontro ao compromisso que temos com o nosso quadro social”, complementa o presidente, Erineo José Hennemann.

Carregamento do carro elétrico no posto de abastecimento da Certel

Energia e inovação caminhando lado a lado. É assim que pode se definir o Posto de Abastecimento para Carro Elétrico da Certel. Sendo também o primeiro da região, a estação foi inaugurada no dia 19 de fevereiro, data que marcou o 65º aniversário da cooperativa. Mas, se você tem curiosidade de como funciona um posto de abastecimento, contamos em detalhes os devidos processos de carregamento.

Com a geração de energia através de placas solares, que mantêm uma potência instalada de 10 quilowatts, o carro elétrico pode ser carregado em até 8h e também possibilita a recarga de dois veículos por vez.

O engenheiro eletricista da Certel, Felipe Drebes, explica sobre a energia gerada através das placas solares. “Um fator interessante que podemos destacar é sobre a energia que geramos no posto, mas que não é consumida pelo veículo. Essa sobra que não foi utilizada é injetada diretamente no sistema da Certel e fica de crédito para consumir em outros horários de carregamento do veículo”, pondera.

Caso esteja se perguntando “como faço para abastecer meu carro elétrico na Certel?”, os profissionais da Certel estão devidamente preparados para auxiliar. Pode parecer um processo simples, conectando somente o cabo na fonte de energia, mas Drebes explica que tudo depende do modelo e adaptadores necessários. “Se caso decidir realizar o carregamento conosco, é muito importante se atentar ao sistema de adaptação. Ele deve ter o mesmo padrão que o do posto de abastecimento. Aqui na Certel, utilizamos a tomada tipo dois” destaca.

Chegando à sede administrativa da cooperativa, o ideal é se dirigir até a recepção e conversar com a área técnica da Certel. Assim, você conhece um pouco mais do sistema elétrico e verifica se será possível realizar a recarga, ou caso necessário, a inclusão de um adaptador. “Estamos sempre abertos para esclarecer qualquer dúvida, tanto para o carro elétrico, quanto ao posto de abastecimento”, finaliza o engenheiro. AI/VM

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Por favor, coloque o seu nome aqui