“Chá do Teteu” busca angariar recursos para compra de remédio mais caro do mundo em Lajeado

Menino portador de AME Tipo 1 precisa receber medicamento orçado em R$ 9 milhões, antes de completar dois anos


0
Foto: Arquivo pessoal

A empresa lajeadense CM Doces, junto com familiares de Matteo Schmitz Piccin Jardim, promovem o “Chá do Teteu”. A ação visa angariar recursos para auxiliar no tratamento do menino de um ano e nove meses, portador de Atrofia Muscular Espinhal Tipo 1 (AME). O remédio Zolgensma é capaz de promover a regressão da doença, porém, é considerado o mais caro do mundo e custa R$ 9 milhões. Até o momento, a família já conseguiu arrecadar pouco mais de R$ 2 milhões.


ouça a reportagem


 

“Estamos com esta campanha em Lajeado que veio para ajudar, através dos voluntários. Precisamos hoje cerca de R$ 6,5 milhões. É um corrida que a gente faz porque é preciso que ele recebe o medicamento até os dois anos de idade, de acordo com a recomendação da fabricante do remédio. Reforçamos a importância do compartilhamento da campanha. Assim a gente consegue atingir artistas e pessoas mais influentes, abrangendo mais pessoas, Recentemente conseguimos apoio da atriz Malu Mader, através de seu fã clube. Estamos na corrida, chegamos num momento em que temos que pedir. Estamos na corrida, no desespero e o que precisamos fazer é pedir”, comenta a Natália Benevides, tia do menino Teteu.

Para adquirir cartões para o “Chá do Teteu”, basta entrar em contato pelo número de WhatsApp (51) 9 91 67 48 23. A bandeja, que é composta por doces e salgados diversos, sai por R$ 15. Encomendas podem ser feitas até o dia 27 de julho. A retirada acontece no dia 31 deste mês, na Rua Júlio Francisco Born, nº 355, sala 501, Bairro Florestal.

Texto: Luís Fernando Wagner
noticias@independente.com.br

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Por favor, coloque o seu nome aqui