China põe 3 milhões de pessoas em isolamento após surto de coronavírus causado por vendedor

Das novas infecções, pelo menos 30 estão relacionadas a este viajante assintomático que passava pela província de Jilin.


0

As autoridades de saúde da China colocaram, nesta segunda-feira (18), cerca de três milhões de pessoas em isolamento depois de um novo surto do coronavírus no nordeste do país, ligado a um vendedor que viajava à trabalho pela região. Apenas nas últimas 24 horas, a China teve 109 novos casos confirmados de Covid-19, segundo a Comissão Nacional de Saúde. Das novas infecções, pelo menos 30 estão relacionadas a este viajante assintomático que passava pela província de Jilin. Ele havia deixado a cidade de Heilongjiang, que desde a semana passada já estava em estado de emergência para a Covid-19. Segundo o governo chinês, a decisão de isolar duas cidades da região – que juntas têm mais de três milhões de habitantes – deve impedir um aumento no número de casos da doença. A escolha de fechar vem mesmo com a China já tendo uma campanha nacional de vacinação. Fonte: G1

Sem prazo para envio, Brasil aguarda na fila vacinas da Índia

O Brasil terá que esperar um pouco para começar a aplicar a vacina da AstraZeneca em parceria com a universidade britânica de Oxford. O imunizante, fabricado na Índia, será distribuído primeiro para os países vizinhos antes de ser enviado para cá. A Índia, segundo país mais afetado pela pandemia e segunda maior população no mundo, começou no sábado a “maior campanha de vacinação do mundo”. O país asiático tem mais de 8 milhões de casos de covid-19 confirmados, mas especialistas alertam que o número real é muito maior. Além do Brasil, Emirados Árabes Unidos, Arábia Saudita, Marrocos e África do Sul também fecharam acordos com o Instituto Sérum para conseguir a vacina, mas precisam esperar autorização do governo para buscar os primeiros lotes. O ministro da Saúde, o general Eduardo Pazuello, afirmou nesta segunda-feira que o Brasil pode receber as primeiras doses da vacina da Índia ainda nesta semana e que o país vai realizar a maior campanha vacinação do mundo. Fonte: Correio do Povo

Herdeiro da Samsung é condenado por corrupção em Seul

O herdeiro da Samsung e vice-presidente da empresa, Lee Jae-yong, foi condenado nesta segunda-feira (18) a dois anos e meio de prisão por ter sido considerado culpado pelos crimes de corrupção e apropriação indébita. O caso ainda remonta ao escândalo político e econômico que provocou a renúncia da ex-presidente da Coreia do Sul, Park Geun-hye, em 2017. A Alta Corte de Seul, segundo informou a agência local Yonhap, determinou a prisão imediata de Lee – que volta para trás das grades cerca de três anos após de ter sido colocado em liberdade condicional. Com isso, a gigantesca companhia de tecnologia está sem liderança, pois apesar dele ser o vice-presidente oficialmente, era o líder de fato da marca. Lee é filho de Lee Kun-hee, considerado o “arquiteto” da expansão mundial da empresa sul-coreana, que deixou o comando da Samsung por conta de problemas de saúde. Ele faleceu em outubro do ano passado. Fonte: Rede TV

Vacinação contra a Covid-19 começa nesta segunda-feira no RS, afirma governador

O governador do Rio Grande do Sul, Eduardo Leite, anunciou que a vacinação contra a Covid-19 vai começar ainda nesta segunda-feira (18). A previsão é de que isso ocorra por volta das 17h, 18h. Segundo o governo estadual, a primeira pessoa a ser vacinada no RS será uma profissional da saúde que trabalha no Hospital de Clínicas, em Porto Alegre. O ministro da Saúde, Eduardo Pazuello, disse nesta manhã que a vacinação será iniciada a partir das 17h em todo o país. “O ministro autorizou anteciparmos o início da campanha. As primeiras doses começam a ser transportadas em seguida para o nosso Estado e já estamos com a logística pronta para iniciar o envio para todas as 18 regiões de saúde”, afirma Leite. Neste primeiro momento, o Rio Grande do Sul está recebendo 341,8 mil doses da CoronaVac, vacina do Instituto Butantan feita em parceira com o laboratório Sinovac. Deste total, 311.680 doses vão ser para os grupos prioritários (profissionais da saúde da linha de frente e idosos que vivem em instituições de longa permanência) e outras 30.120 à população indígena. Fonte: G1

Primeira dose da vacina no Rio será aplicada nesta segunda-feira diante do Cristo

Será diante do Cristo Redentor que o Rio de Janeiro dará a largada para a vacinação contra o coronavírus. A primeira dose da vacina será aplicada em ato simbólico marcado para às 17h desta segunda-feira, diante do mais famoso símbolo da cidade. O anúncio foi feito pelo prefeito do Rio, Eduardo Paes (DEM), que participará do evento ao lado do governador em exercício, Cláudio Castro (PSC). Os detalhes sobre como será feita a campanha de imunização na cidade serão explicados no início da tarde. Na noite de domingo, horas após a liberação do uso emergencial das vacinas CoronaVac e Oxford/Astrazeneca por parte da Anvisa, o governo do Estado chegou a anunciar que a vacinação no Rio de Janeiro começaria na quarta-feira, como previra inicialmente o Ministério da Saúde. Hoje o ministro Eduardo Pazuello declarou que a vacinação em todo o País poderia ser feita já a partir das 17h, o que fez o Rio antecipar o ato simbólico. Fonte: Correio do Povo

“A vacina é do Brasil, não é de nenhum governador”, diz Bolsonaro

O presidente Jair Bolsonaro afirmou nesta segunda-feira (18) que a CoronaVac é uma vacina do Brasil, não do governador de São Paulo, João Doria (PSDB). “Apesar da vacina. Apesar, não, a Anvisa [Agência Nacional de Vigilância Sanitária} aprovou não tem o que discutir mais…”, afirmou o presidente no início de sua conversa com os apoiadores. “Está liberada a aplicação no Brasil. A vacina é do Brasil, não é de nenhum governador, não, é do Brasil”, completou.. Minutos após a aprovação, João Doria apareceu ao lado da primeira brasileira vacinada, em São Paulo. Na conversa com seus fãs, Bolsonaro também voltou a dizer que os problemas vistos no Amazonas são culpa do governo estadual, não do federal. “Enviamos bilhões aos Estados”, observou o presidente. Fonte: R7.com

Produção e apresentação: Caroline Silva
Próxima edição: hoje, às 18h


DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Por favor, coloque o seu nome aqui