Chuva nas cabeceiras do Rio Taquari causa nova enchente, já obstrui vias em Lajeado e famílias precisam voltar ao Parque do Imigrante

O cruzamento da Av. Décio Martins Costa com a Rua Santos Filho já foi tomado pelas águas.


0
Foto: Rafael Scheeren Grün / Divulgação

O domingo de (12) já registra uma nova enchente do Rio Taquari e mais famílias precisam sair de suas casas, auxiliadas pela Prefeitura de Lajeado e Defesa Civil. Às 21h, o nível do Rio Taquari já apontava 19,97 metros, o que representa 6,97 metros acima do seu nível normal que é de 13 metros. O cruzamento da Av. Décio Martins Costa com a Rua Santos Filho já foi tomado pelas águas, sendo bloqueado e sinalizado pelo Departamento de Trânsito de Lajeado.

Porém, na iminência de terem trechos submersos pelas águas, a Rua Arnoldo Uhry, na divisa entre Moinhos e o Jardim do Cedro, bem como o entroncamento das vias Júlio May com Francisco Oscar Karnal, ladeado pelo Parque dos Dick no centro da cidade, e os cruzamentos das vias Alberto Torres e João Batista de Mello com Av. Décio Martins Costa, divisa dos Bairros Centro e Hidráulica, já foram bloqueados e sinalizados. Isso também foi feito na Rua Pedro Petry, no Bairro Universitário, na Capitão Leopoldo Hieneck e Carlos Sphor Filho, no centro. O mesmo deve ocorrer na Rua Santos Filho, no Parque dos Dick, já que o trecho começa a inundar com o nível do Rio Taquari na marca dos 20,25 metros, e na Rua João Abott. A Rua Bento Rosa, no Bairro Hidráulica, nas proximidades do Associação Atlética Municipal, está bloqueada para o trânsito em função de desmoronamentos da calçada de passeio e parte da via.

Saiba mais: Acompanhe o nível do Rio Taquari 

“Não é possível fazer uma estimativa de qual cota teremos nessa nova cheia, mas a cota dos 22 metros não é descartada”, destaca o coordenador da Defesa Civil, Heitor Hoppe. Ele explica que o nível do Rio Taquari é monitorado a cada hora tanto na régua posicionada em Estrela, assim como em Encantado, o que ajuda na previsibilidade do alcance da cheia em Lajeado quando o nível do Rio Taquari estabiliza no Município de Encantado. “Estamos alertas”, afirma Hoppe, salientando que por volta das 0 horas será possível fazer uma projeção mais realista.

Das 104 famílias que totalizam 320 pessoas que foram abrigadas no Parque do Imigrante em função da cheia de quarta e quinta-feira (08 e 09), 6 haviam deixado o Parque do Imigrante, porém, remoções estão ocorrendo a partir desta tarde (12/07) para retirar novamente as famílias que residem nas partes mais baixas e que já haviam deixado o Parque do Imigrante.

Hoppe projeta que além das famílias abrigadas no Parque do Imigrante, outras 300 famílias ficaram desalojadas ainda em função da enchente do meio da semana. Sendo assim, cerca de 400 famílias teriam tido suas residências invadidas pelas águas. Ele faz uma estimativa que a cheia atingiu, de alguma forma, 40 mil pessoas em Lajeado. Seja pelas casa invadida pelas águas, seu local de trabalho, vias que eram utilizadas para os trajetos cotidianos, problemas no fornecimento de energia, entre outros transtornos, como no sistema público de transportes, que teve os itinerários alterados em função do alagamento de diversas vias.

Para informações, contate a Defesa Civil no 3982 1150.

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Por favor, coloque o seu nome aqui