Chuvas dificultam plantio e ampliam perdas em lavouras de trigo do RS

Projeção para a safra de inverno de 2024 será divulgada pela Emater/RS-Ascar na próxima sexta-feira, dia 28


0
Foto: Emater

Os altos volumes e a continuidade da chuva aumentam a complexidade de mais uma safra de inverno para o agricultor gaúcho. Apesar de o clima seco da segunda semana de junho ter contribuído para o plantio de trigo, as precipitações da semana passada paralisaram operações e ampliaram erosões em áreas já implementadas. Os relatos vêm, principalmente, da região Noroeste – a primeira a plantar e a colher. A maior preocupação está nas lavouras de trigo, já que o Estado é o maior produtor nacional do grão. A projeção para a safra gaúcha de inverno será divulgada pela Emater/RS-Ascar na sexta-feira, dia 28. Até maio, o setor trabalhava com um recuo de área entre 15% e 20% nesta safra. Fonte: Correio do Povo

Ministério da Saúde amplia público-alvo contra dengue

Para evitar a perda de vacinas contra a dengue que estão próximas do vencimento, o Ministério da Saúde decidiu ampliar o público-alvo da imunização. Em abril, uma ação semelhante foi realizada com o mesmo objetivo de evitar desperdícios. Atualmente, dois lotes de vacinas contra a dengue estão para vencer, um no dia 30 de junho e outro no dia 31 de julho. Para evitar o desperdício, o Ministério da Saúde recomendou a ampliação do público-alvo da vacina, que antes era de 10 a 14 anos, passando agora para a faixa etária de 6 a 16 anos. Caso os municípios considerem que ainda haverá sobra de vacinas mesmo com essa ampliação, eles podem estender a imunização para pessoas de 4 a 59 anos. Fonte: Jovem Pan

Ranking aponta o Brasil como o terceiro maior mercado mundial de energia solar

Recém-divulgado, o relatório “Global Market Solar Power 2024 – 2028”, aponta o Brasil como o terceiro maior mercado mundial de energia solar no último ano, atrás apenas da China e dos Estados Unidos. O Brasil adicionou, em 2023, 15,4 gigawatts (GW) de potência pico da fonte solar fotovoltaica, representando cerca de 4% de todo o mercado mundial no período, segundo a Associação Brasileira de Energia Solar Fotovoltaica (Absolar). Fonte: Exame

Audiência vai analisar revisão do Plano Diretor e Lei de Parcelamento do Solo em Cruzeiro do Sul

A Prefeitura de Cruzeiro do Sul convida a população para, em conjunto com o Conselho Municipal de Desenvolvimento, participar da audiência pública, nesta terça-feira (25) com o objetivo de fazer a revisão do Plano Diretor Participativo do Município de Cruzeiro do Sul. Além disso, será analisada a alteração da Lei de Parcelamento do Solo. A audiência começa às 17h, na Câmara de Vereadores.

Comissão do Senado vota projeto que aumenta pena para crimes cometidos durante saidinhas

O debate sobre saídas temporárias de presos volta ao Congresso Nacional nesta terça-feira (25) com a análise de um pacote que propõe o endurecimento das regras sobre prisões e cumprimento de penas. Os projetos de lei (PL) tramitam na Comissão de Segurança Pública do Senado. O relator, Esperidião Amin (PP-AL), divulgou parecer favorável à proposta em novembro do ano passado. Ele defende que, se aprovada, a lei vai desestimular os condenados que estejam fora da prisão a praticarem novos crimes. Se aprovado, o texto será encaminhado à Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) do Senado. Fonte: CNN

Cresce apoio de deputados ao projeto que equipara pena do aborto a de homicídio

Desde que foi aprovado para tramitar em regime de urgência na Câmara, a lista de autores do PL do Aborto, projeto de lei que equipara a pena do aborto feito após 22 semanas de gestação a de um homicídio simples — ganhou o apoio de outros 24 deputados. Nomes como Eduardo Bolsonaro (PL-SP), Nikolas Ferreira (PL-MG) e Carla Zambelli (PL-SP) integram a co-autoria que já conta com 56 parlamentares. Mesmo com a adesão maior, o projeto continua sendo o partido com maior número de assinaturas na proposta. São 36 do Partido Liberal, cinco do União Brasil, quatro do Republicanos, três do MDB, três do PP, uma do PSDB, uma do Podemos, uma do PSD, uma do Avante e uma do PRD. Ao todo, 56 deputados já declararam apoio ao projeto. Fonte: CNN

Codevat elege nesta terça a nova diretoria executiva e conselho de representantes para a gestão 2024-2026

O Conselho de Desenvolvimento do Vale do Taquari (Codevat) elege nesta terça-feira (25), a nova diretoria executiva e conselho de representantes para a gestão 2024-2026. O atual presidente, Luciano Moresco, informou ainda no mês de março que deixaria a presidência, o que já aconteceu, para concorrer à Prefeitura de Encantado. A economista Cintia Agostini deverá ser candidata para reassumir o cargo, e o vice, o empresário Rogério Wink, outras chapas ainda podem ser inscritas para o pleito. A assembleia ocorrerá em formato híbrido, às 16h30, no auditório do Prédio 11 da Univates, em Lajeado, presencialmente; ou de forma virtual, em link a ser disponibilizado. Também estarão na pauta do encontro a prestação de contas da Gestão 2023-2024; alteração Estatutária do Estatuto do Codevat; a criação de Comissões Setoriais e assuntos gerais.

Produção e apresentação: Marcelo Cardoso
Próxima edição – 18h

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Por favor, coloque o seu nome aqui