Cidade da Índia coloca mulheres nas placas de trânsito

Num dos cruzamentos mais conhecidos em Mumbai, as calças retas das figuras que aparecem nas placas de trânsito deram lugar a vestidos triangulares.


0
Críticos dizem que mudança é um gesto muito pequeno no problema sobre a divisão de gêneros. (Foto: Prarthna Singh/The New York Time)

A cidade, a maior da Índia, instalou recentemente 240 placas de trânsito que substituíram figuras masculinas por silhuetas femininas ao longo de algumas ruas no bairro de Dadar. Mumbai é a primeira cidade do país a instalar esses sinais de trânsito e as autoridades afirmam que esta iniciativa mostra o seu compromisso de dar mais poder às mulheres.
O governo “quer assegurar a igualdade de gênero com uma ideia simples”. Mas, para os críticos, esta é uma medida superficial que fará muito pouco para solucionar problemas de desigualdade de gênero na Índia.

Apesar de mulheres terem ocupado posições de poder no país – Indira Gandhi foi a primeira mulher da Índia a ocupar o posto de primeira ministra – exemplos de violência extrema contra as mulheres em público deixaram muitas com medo de sair de casa à noite desacompanhadas. E o abuso doméstico e o assédio sexual são os crimes mais comuns contra as mulheres e meninas, segundo dados do governo.

Na Índia, as mulheres também enfrentam obstáculos em termos de educação e emprego. Para cada 100 garotos, somente 73 meninas estão matriculadas nas escolas secundárias. E as mulheres recebem salário menor do que os homens, além de suportar todo o peso do trabalho doméstico não remunerado.

Fonte: Estadão

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Por favor, coloque o seu nome aqui