Cidades do RS registram fila de espera por leitos de UTI; “Caos total”, diz presidente de hospital

Dois pacientes que aguardavam transferência morreram, nesta terça-feira (8) em Santa Maria


0
Foto: Reprodução / Shutterstock

Com ocupação de 87% nos leitos de terapia intensiva (UTIs), muitos centros de saúde do Rio Grande do Sul estão superlotados ou apresentam fila de espera para o atendimento de pacientes críticos. Dois pacientes que aguardavam transferência morreram, nesta terça-feira (8) em Santa Maria, na Região Central. Os óbitos foram na unidade de pronto atendimento (UPA) do município, que totaliza seis pessoas esperando vagas em hospitais.

Até a segunda (7), a cidade já registrava 10 mortes de pessoas na fila de espera. Segundo a administradora da UPA, Manuela Trevisan, nenhuma das vítimas tinha Covid. Um paciente tinha tuberculose e outro, pneumonia.

A secretária estadual da Saúde lamentou os óbitos. De acordo com Arita Bergmann, muitas remoções não podem ser feitas em razão do estado de saúde do paciente.

Fonte: G1

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Por favor, coloque o seu nome aqui