Cidades gaúchas registram falta de vacinas contra a Covid para aplicação da segunda dose

Conselho das Secretarias Municipais da Saúde do Rio Grande do Sul enviaram um ofício ao Ministério da Saúde pedindo agilidade no abastecimento de vacinas


0
Foto: Divulgação/SES

Cidades do Rio Grande do Sul estão alertando sobre a falta de vacinas para a aplicação da 2ª dose da CoronaVac, imunizante contra a Covid-19, fabricado pelo Instituto Butantan.

O recomendado é de que o reforço seja feito 28 dias após a primeira aplicação. Na sexta-feira (23), a Secretaria Estadual da Saúde e o Conselho das Secretarias Municipais da Saúde do Rio Grande do Sul enviaram um ofício ao Ministério da Saúde pedindo agilidade no abastecimento de vacinas da Coronavac para cobrir as segundas doses de quem já recebeu a primeira aplicação.

O ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, admitiu nesta segunda-feira (26) que há “dificuldade” no fornecimento de vacinas para aplicação da segunda dose da CoronaVac, utilizada contra a Covid.

Fonte: G1

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Por favor, coloque o seu nome aqui