Cientistas capturam ômicron em 1ª imagem de microscópio

Pesquisadores da Universidade de Hong Kong foram capazes de registrar, pela primeira vez, a nova variante do vírus em laboratório


0
Foto: Cortesia Faculdade de Medicina da Universidade de Hong Kong

Cientistas da Universidade de Hong Kong conseguiram capturar pela primeira vez a imagem da variante ômicron do coronavírus com a ajuda de um microscópio, informou a instituição em um comunicado na quarta-feira (8). Os pesquisadores da Faculdade de Medicina divulgaram dois registros – de microscópios eletrônicos – de uma cultura do vírus em laboratório. Na imagem da esquerda, explicam os cientistas, é possível ver um recorte “de baixa ampliação” de uma célula de rim de macaco infectada intencionalmente com essa variante do Sars-Cov-2.

Nela, é possível ver que a ômicron provoca danos em nível celular com vesículas – essas pequenas bolhas – cheias de pequenas partículas virais (identificadas pela cor preta). Já na imagem da direita, a micrografia eletrônica tem alta ampliação desta mesma célula, mas mostrando as partículas virais mais de perto (dentro deste quadrado cor de rosa). Neste registro, é possível inclusive ver a coroa do coronavírus (formada pela proteína S) ao redor da partícula viral.

Fonte: G1

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Por favor, coloque o seu nome aqui