Circuito Cultural Pela Vida: música para aliviar a alma e os reflexos da pandemia

Série de lives começa na segunda-feira (5), às 20h, com Kelly Carvalho e Serginho Moah, nas redes sociais MSommer Produções.


0
Circuito Cultural Pela Vida (Arte: Divulgação)

Com o objetivo de levar música aos mais diversos públicos e arrecadar doações para os profissionais de uma das categorias mais afetadas pela pandemia — o setor de eventos —, o Circuito Cultural Pela Vida apresenta a partir de segunda-feira (5), até o dia 3 de novembro, uma série de lives com vários artistas.

A programação começa sempre às 20h, no Youtube, Facebook e Instagram da Msommer Produções. A primeira live será na segunda-feira, às 20h, com Kelly Carvalho e Serginho Moah. Na terça-feira (6), Max Lima e Charles Master (TNT); na quarta-feira (13), Alessandro Cenci e Rafael Malenotti (Acústicos e Valvulados); no dia 19 de outubro, Cristiano Quevedo; dia 20, Michel Horn e Banda; dia 26 de outubro, Solon Chaves e Kelly Carvalho; dia 27, Alex Duarte e Tonho Crocco (Ultramen) e no dia 3 de novembro, Diana Dick e Alex Duarte.

Durante as transmissões será disponibilizado um QR Code, no qual o público poderá fazer doações em dinheiro. O valor será revertido na compra de cestas básicas que serão doadas para os profissionais do ramo de eventos da região, que integram a Associação Brasileira de Empresas de Eventos (Abeoc).

A iniciativa do empresário Marcelo Sommer, da Msommer Produções, conta com o financiamento da Secretaria de Cultura do Rio Grande do Sul, por meio do Pró-Cultura RS, e conta com o patrocínio da Padaria Suíça, Color Tintas e Lojas Dullius.

Programação

Sempre às 20h, no Youtube, Facebook e Instagram, da Msommer

  • 5/10, Kelly Carvalho e Serginho Moah
  • 6/10 – Max Lima e Charles Master (TNT)
  • 13/10 – Alessandro Cenci e Rafael Malenoiti (Acústicos e Valvulados)
  • 19/10 – Cristiano Quevedo
  • 20/10 – Michel Horn e Banda
  • 26/10 – Solon Chaves e Kelly Carvalho
  • 27/10 – Alex Duarte e Tonho Crocco (Ultramen)
  • 3/11 – Diana Dick e Alex Duarte

Texto: Rita de Cássia

redacao@independente.com.br

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Por favor, coloque o seu nome aqui