Cocaína preta é apreendida pela primeira vez no RS

O entorpecente foi encontrado em meio a pacotes de açaí em pó.


0

A Polícia Civil realizou nesta terça-feira (2) a primeira apreensão de cocaína preta no Rio Grande do Sul. O entorpecente foi encontrado em meio a pacotes de açaí em pó, em Novo Hamburgo, na região Metropolitana. Ele estava com um colombiano, de 36 anos, que mora no Brasil desde 2011. Na casa dele, em um condomínio de apartamentos de classe média alta, foram encontrados 26kg da cocaína.

De acordo com levantamentos da Receita Federal, 1kg da droga é vendido por aproximadamente 30 a 35 mil dólares. Com a conversão, a polícia estima que o entorpecente apreendido esteja avaliado em R$ 6 milhões.

Segundo o delegado Tarcísio Kaltbach, da 1ª Delegacia de Polícia de Novo Hamburgo, na tarde da segunda-feira (1), a Receita Federal alertou que um colombiano estava recebendo alguns pacotes de açaí, o que causou certa desconfiança. Após o monitoramento, as investigações apontaram que o homem tinha uma empresa de produtos naturais de fachada. Quando foi abordado, ele recebia uma carga de 13kg de pacotes de açaí em pó, com a cocaína escondida.

O Instituto Geral de Perícias foi acionado e ficou surpreso com o tipo da droga. A polícia confirma que o entorpecente veio de Manaus. As pesquisas apontam que ele é desenvolvido pelo cartel de Cali da Colômbia, e comercializado em alguns países da Europa e na Turquia. O colombiano preso ganhava cerca de R$ 10 mil apenas para receber a droga.

De acordo com a polícia, por não ter cheiro e se tratar de uma droga com aparência incomum, pode passar despercebida em eventuais abordagens. A investigação busca agora identificar se existe ligação da droga e do cartel colombiano com alguma facção do Vale dos Sinos. AD/G1

 


DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Por favor, coloque o seu nome aqui