Colinas se torna o município com a maior incidência de casos de Covid-19 no RS

Cidade teve mais um caso confirmado pela Secretaria Estadual da Saúde na manhã desta quarta-feira (6).


0
Foto: Reprodução / Prefeitura de Colinas

O município de Colinas teve mais um caso confirmado de Covid-19 pela Secretaria Estadual da Saúde nesta manhã de quarta-feira (6). Com isso, o município se torna a cidade gaúcha com maior incidência de coronavírus.

Na terça-feira (6), foram mais quatro casos de Covid-19 reconhecidos pelo Estado. No total, são sete pacientes confirmados, de cerca de 2,4 mil habitantes, de acordo com estimativa do IBGE para 2019. Isso quer dizer que Colinas tem 280 casos para cada 100 mil habitantes.

A lista de incidência de casos no Rio Grande do Sul tem três municípios do Vale do Taquari entre os primeiros dez colocados: Colinas, em primeiro lugar no Estado, com 280 casos para cada cem mil habitantes; Lajeado, em quinto, com 200; e Canudos do Vale, na oitava colocação, com 163.9.

Na manhã desta quarta-feira (6) o prefeito de Colinas, Sandro Herrmann, concedeu entrevista à Rádio Independente antes da confirmação de mais um caso. Naquele momento, o município era o segundo em incidência no RS.


ouça a entrevista

 


 

Herrmann fez um alerta para a comunidade do município no sentido de que os dados divulgados do Estado estão desatualizados. Por isso, mais confirmações chegariam nos próximos dias. O que ocorreu ainda na manhã desta quarta-feira (6), logo após a entrevista.

Segundo o prefeito, a Secretaria de Saúde de Colinas já teria dez casos confirmados, três a mais do que o dado oficial. “Estão todos isolados recebendo acompanhamento do pessoal responsável da área da saúde, diariamente”, garante.

O município é conhecido por explorar de forma significativa o turismo e, também, é ponto de ciclismo. “Estamos enfrentando o problema de que as pessoas de diversos município do Vale estão vindo para cá passear”, comenta Herrmann, que faz um apelo para toda a região: “Fiquem em casa. Não adianta fazerem o isolamento na sua cidade e as pessoas virem para a cidade vizinha.”

De acordo com informações do mandatário municipal, no último fim de semana o município fez uma barreira sanitária com o apoio do Corpo de Bombeiros Voluntários. Na ação, foi medida a temperatura de todas as pessoas que entraram na cidade, além de solicitar o uso da máscara que é obrigatório no município. Em menos de 3h, mais de 200 carros foram interceptados.

Texto: Rodrigo Gallas
web@independente.com.br

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Por favor, coloque o seu nome aqui