Com 429 casos confirmados pelo Estado, Vale do Taquari é a terceira região com mais infecções por dengue no Rio Grande do Sul

O dado consta no Painel de Monitoramento de Arboviroses do Estado


0
Foto: Ilustrativa / Reprodução

A 16ª Coordenadoria Regional de Saúde (CRS), que é responsável por atender os municípios do Vale do Taquari, é a terceira região do Rio Grande do Sul com mais casos confirmados de dengue em 2022. O dado consta no Painel de Monitoramento de Arboviroses do Estado.

Desde janeiro, a região registrou 429 testes positivos para o vírus, ficando atrás apenas das regiões da 2ª CRS, responsável por atender a região de Frederico Westphalen e que registrou até aqui 660 casos positivos, e da 1ª CRS, que cobre a região de Porto Alegre e que soma 1.306 casos confirmados de dengue.

Dos casos confirmados até aqui na região, 417 são autóctones, ou seja, foram contraídos no próprio município de residência. Lajeado é a quinta maior cidade do Estado com confirmações da doença. De acordo com o painel, a cidade conta com 203 casos confirmados da doença.

Em decorrência do aumento acelerado no número de casos, o Rio Grande do Sul está promovendo ao longo desta semana uma capacitação do Centro Estadual de Vigilância em Saúde (Cevs) com apoio do Conselho das Secretarias Municipais de Saúde do Rio Grande do Sul (Cosems/RS), onde os municípios serão estimulados a realizar mutirões de limpeza. O objetivo é reduzir os criadouros de mosquitos que causam a dengue.

Texto: Vinicius Mallmann
regional@independente.com.br

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Por favor, coloque o seu nome aqui