Com apoio de secretaria nacional, simulado de enchente será realizado na microrregião de Lajeado

Aval para evento-teste foi obtido durante reunião em Brasília. Encontro trouxe novidades positivas para a região, destacam representantes do município


0
Reunião em Brasília foi realizada na terça-feira (14) (Foto: Divulgação)

Um simulado de enchente será realizado, nos próximos meses, na microrregião de Lajeado. O evento-teste terá apoio da Secretaria Nacional de Proteção e Defesa Civil (Sedec). Inclusive, o titular da pasta federal, o Coronel Alexandre Lucas Alves, confirmou presença no encontro que deve definir os detalhes para a execução deste trabalho de prevenção.

Segundo o secretário da Segurança Pública de Lajeado, Paulo Locatelli, o simulado será uma forma de prever e estabelecer métodos de contingenciamento das cheias em cenários de risco. “Queremos melhorar nossas ações em tempo hábil”.

O coordenador do departamento de trânsito, Vinicius Renner complementa ao dizer que o objetivo principal é capacitar as equipes regionais sobre como agir em situações graves ligadas às cheias.

Vinicius Renner e Paulo Locatelli (Foto: Rodrigo Gallas)

Como vai funcionar

Ao todo, 12 municípios participarão do simulado, são eles: Guaporé, Santa Tereza, Muçum, Roca Sales, Marques de Souza, Arroio do Meio, Cruzeiro do Sul, Lajeado, Estrela, Bom Retiro do Sul e Venâncio Aires.

As cidades abrirão um envelope onde estará relatado o acontecimento daquele momento. A partir disso, essas cidades terão que seguir seu plano de contingência. Os órgãos competentes deverão, então, formar uma verdadeira força-tarefa regional para mitigar os efeitos provenientes da cheia.

Encontro em Brasília

O aval para a realização do simulado foi obtido após reunião, em Brasília, com o secretário Nacional de Proteção e Defesa Civil. O encontro ocorreu na terça-feira passada (14). Além deste tema, foi definido que será feito um treinamento para a Defesa Civil de Lajeado através da Escola Nacional de Administração Pública (Enap) e que haverá a instalação de um novo sistema de monitoramento de enchentes por meio de um pluviômetro automático. Também será feita a inclusão da população da região no sistema nacional de alertas de enchente via SMS – que localiza as pessoas por meio do CEP.

Locatteli destaca a importância do encontro e ressalta a resposta positiva sobre as ações que Lajeado e macrorregião vem realizando. Além de Locatelli e Renner, estiveram presentes o prefeito Marcelo Caumo, o presidente da Câmara de Vereadores, Isidoro Fornari Neto, e o assessor parlamentar lajeadense Douglas Sandri, que atua na capital federal. RG

Assista à entrevista 

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Por favor, coloque o seu nome aqui