Com inclusão de testes rápidos, Lajeado chega a 840 positivos para Covid-19

Boletim da Secretaria Estadual da Saúde, a ser publicado nesta sexta (22), pode colocar o município com o maior número de casos no RS.


0

O alto índice de testagem de Lajeado está resultando em um grande número de casos da Covid-19 confirmados na cidade e, também, na redução do índice de letalidade da doença. Ao longo dos últimos dias, o município vem aumentando os seus indicadores de casos confirmados. Na segunda (18) e na terça (19) não teve registros, sendo que na quarta-feira (20) foram 137 e na quinta (21) outros 198. Para esta sexta-feira (22), a expectativa é de que mais 263 casos sejam reconhecidos pelo Estado, conforme a Prefeitura. Mais testes têm sido feitos por conta de acordo com frigoríficos.

Na quinta-feira Lajeado se tornou o segundo município com maior quantidade de casos confirmados no Rio Grande do Sul, quando chegou a 577 confirmações – a 24 de alcançar Porto Alegre, primeiro colocado, que tinha 601. Para esta sexta, a expectativa é de que Lajeado se torne o primeiro. A explicação estaria nos testes rápidos que são feitos na BRF e na Minuano, nas plantas de Lajeado, como parte de acordo firmado com o Ministério Público (MP) para a retomada das atividades.

Na BRF foram 1.553 testes entre 11 e 12 de maio. Desse total, 296 casos deram positivo para anticorpos da Covid-19 (o equivalente a 19,05%). Dos 1.553 testes, 1.120 eram de moradores de Lajeado, dos quais 195 (ou 17,41%) deram positivo.

Já na Minuano foram 636 testes entre os dias 17 e 20 de maio, sendo 127 negativos (19,9%) e 509 positivos (80,1%). Entre os positivos nesta empresa, 495 (77,8%) estão imunes e 14 ativos (2,2%) para a doença. Ambas indústrias seguem com as testagens.

Entre os 840 confirmados, sendo 604 de testes rápidos e o restante de PCR (o tipo mais completo do exame para detectar o coronavírus), a maioria é de funcionários dos frigoríficos, com 530 do total.

Mudança

A Prefeitura de Lajeado anunciou que, a contar desta sexta-feira, o município vai alterar o quadro de divulgação dos casos positivos da cidade. Serão usados os dados disponíveis no município, independentemente da contabilização feita pela Secretaria Estadual da Saúde – que é atualizada sempre no fim da tarde, mas que, em algumas oportunidades, pode levar alguns dias para reconhecer as infecções.

Mais de 90% recuperados

Com os novos casos confirmados, foi atualizado o quadro de recuperados da doença em Lajeado. Conforme a administração, o índice de recuperação é de 90,5%, ou seja, atinge a 761 pessoas. Apenas 63 estão ativas (7,5) e 16 faleceram (1,9%). A letalidade, que não chega a 2%, é menor do que a da Coreia do Sul, diz a Prefeitura.

Na avaliação da administração, o grande número de testes e de casos confirmados no município também traz um indicador diferenciado para Lajeado: a redução da letalidade da Covid-19. A letalidade é uma taxa medida pela proporção entre o número de mortes causadas por uma doença e o número total de pessoas que sofrem desta doença.
No caso das contaminações por coronavírus, o Rio Grande do Sul tinha até o meio-dia, desta sexta-feira, 5.473 casos confirmados da doença e 166 óbitos, o que resulta numa taxa de letalidade de 3,03%. Já o Brasil tinha 310.087 casos confirmados, com 20.047 mortes, o que resulta numa taxa de letalidade de 6,4%.

Dados do Estado

Como o município recebe antes os dados dos casos positivos dos relatórios das empresas e precisa registrar os dados no sistema do Estado, o relatório estadual acaba contabilizando os dados mais tarde. Por este motivo, os dados do quadro do município (que são divulgados diariamente no Facebook da Prefeitura) serão em geral mais altos do que os dados da tabela estadual.

Além desta mudança, o quadro também fará a diferenciação entre os testes do tipo PCR (que são usados para o cálculo da bandeira regional) e os testes rápidos (que não são usados na bandeira). No quadro, também é mostrado o cálculo dos casos ativos, que são os casos confirmados subtraindo-se os casos já recuperados e os óbitos.

Avaliação da bandeira do Vale

Para o cálculo que define a bandeira semanal do Vale do Taquari dentro do Sistema de Distanciamento Controlado do governo do Estado, são considerados 11 indicadores. Um deles se baseia no número de casos confirmados na região na última semana em comparação com os sete dias da semana anterior.
Desde o começo do sistema, o governo do Estado contabiliza apenas os dados de testes do tipo PCR para o cálculo. Os testes rápidos não são usados para este fim.

Frigoríficos

Desde o início desta semana, a Vigilância Epidemiológica de Lajeado, que integra a Secretaria Municipal da Saúde, está recebendo diariamente as informações sobre as testagens que estão sendo realizadas nos frigoríficos. As empresas estão usando testes rápidos, que avaliam a presença de anticorpos nos trabalhadores. Casos positivos indicam que a pessoa teve contato com o vírus e desenvolveu defesas. AI/NR


DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Por favor, coloque o seu nome aqui