Com manifestantes armados, grupo protesta contra isolamento social no Congresso do Michigan, nos EUA

O próprio Trump, porém, vem defendendo as medidas de isolamento social para evitar que Covid-19 tenha consequências ainda piores no país, o mais atingido pela pandemia.


1
Foto: Seth Herald / Reuters / Divulgação

Centenas de pessoas protestaram nesta quinta-feira (30) dentro do Congresso estadual do Michigan, nos Estados Unidos, contra as medidas de isolamento social adotadas para combater o novo coronavírus. Alguns manifestantes estavam armados com fuzis.

O governo havia pedido extensão das medidas no estado, que registra mais de 40 mil casos de novo coronavírus e mais de 3,7 mil mortes pela Covid-19. Os parlamentares do Partido Republicano — o mesmo do presidente Donald Trump — não votaram a medida. Alguns dos manifestantes usavam placas e símbolos favoráveis ao presidente dos EUA.

O próprio Trump, porém, vem defendendo as medidas de isolamento social para evitar que Covid-19 tenha consequências ainda piores no país, o mais atingido pela pandemia.

Fonte: G1

1 comentário

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Por favor, coloque o seu nome aqui