Com missão de salvar economia, “superministro” é empossado na Argentina

Sergio Massa terá como desafio a mais alta inflação dos últimos 30 anos, que pode chegar a 90% até o final de 2022


0
Sergio Massa, à direita (Foto: Twitter / Reprodução)

O novo ministro da Economia da Argentina, Sergio Massa, tomou posse de maneira oficial nesta quarta-feira (3) e anunciou uma série de medidas para tentar conter a alta inflação que atinge o país, a mais alta dos últimos 30 anos e que pode chegar a 90% até o final do ano. Ele assume o lugar de Silvina Batakis, que ocupou o cargo por apenas 24 dias.

Massa deixa a presidência da Câmara dos Deputados para assumir um novo “superministério”, que unifica as pastas da Economia, Desenvolvimento e Agricultura, Pecuária e Pesca. A decisão é vista como uma cartada final do atual governo para tentar recuperar a economia e, na prática, a confiança na Presidência.

Na posse, Massa afirmou que não é nenhum super-herói, mago ou salvador e lembrou que o país “não é rico, mas que tem recursos em processo de desenvolvimento”. Os pilares do novo plano, segundo o novo ministro, serão: ordem fiscal, sustentar o comércio excedentes e reforçar as reservas.
Por fim, ele irá propor uma política de reorganização dos planos sociais nos próximos 12 meses com três eixos: retorno ao mercado de trabalho, fortalecimento das cooperativas e proteção em caso de vulnerabilidade.

Fonte: Veja

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Por favor, coloque o seu nome aqui