Com novas variantes, Covid-19 atinge mais jovens e índice de recuperação cai em relação ao primeiro ano de pandemia

Para gerente do Hospital Estrela, vacinação tem sido efetiva e evita o afastamento de profissionais da linha de frente


0
Foto: Tiago Silva

O Hospital Estrela tinha, até por volta das 15h20 desta sexta-feira (4), nove de seus 10 leitos da UTI Covid ocupados. Desses pacientes infectados pelo coronavírus, cinco deles são de fora da região do Vale do Taquari. Apesar da alta demanda e pressão sobre o sistema hospitalar, a gerente assistencial da casa de saúde, Graciela Elis Hauschild Scherer, destaca que “estamos conseguindo atender as demandas que chegam, estamos conseguindo dar um bom atendimento às nossas referências na nossa macrorregião”.

Além da UTI Covid, o Hospital Estrela tem 10 leitos de UTI geral (parte deles pode ser convertida em UTI Covid, conforme demanda) e 15 leitos de internação.


ouça a entrevista

 


Graciela aponta que há uma nítida mudança de perfil dos pacientes, do ano passado para cá, na evolução da pandemia e com o surgimento de novas variantes do Sars-CoV-2. Conforme ela, “hoje a média de idade dos pacientes que estão internados na UTI é de 43 anos”. “É uma idade baixa, produtiva, que ainda não recebeu vacina”, observa. Para ela, a queda de internações de pessoas com idade mais elevada se deve “em virtude da vacinação”. “Isso é bem notado que a vacina tem tido, sim, eficácia”, afirma.

A gerente também lembra o caso de profissionais de saúde. No início da pandemia, sem a imunização, havia altos índices de profissionais contaminados. “Hoje, com a vacina, quase não tem profissionais afastados por coronavírus”, destaca.

A gestora percebe que as variantes da Covid-19 têm influência na gravidade dos casos e nos índices de recuperação. No ano passado, o grau de recuperação era de 78,1%, e agora tem ficado em 66,3%. O tempo médio de permanência nas UTIs tem sido o mesmo, na faixa dos 15 dias. Porém, os quadros de saúde são mais graves, mesmo sendo jovens com menos comorbidades.

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Por favor, coloque o seu nome aqui