Com novo óbito nesta terça-feira, Lajeado chega a 30 mortes por Covid-19

Informação foi repassada pelo Hospital Bruno Born. Homem de 60 anos estava internado na casa de saúde desde o dia 9 de agosto.


3
UTI Covid do HBB (Foto: Divulgação)

O Hospital Bruno Born (HBB) de Lajeado informou, na manhã desta terça-feira (11), a morte de um homem de 60 anos, de Lajeado, por Covid-19. Ele estava internado na casa de saúde desde o último domingo (9) e tinha hipertensão e diabetes. O óbito ocorreu às 7h45 desta terça. Com esse registro, Lajeado chega a 30 mortes por complicações do coronavírus em moradores do município.

Na região já são 78 mortes ocorridas desde o início da pandemia. Duas delas ainda não foram reconhecidas pela Secretaria Estadual de Saúde: a desta terça-feira em Lajeado e um óbito ocorrido em Roca Sales. Outras 15 cidades do Vale que já registraram óbitos por Covid-19 são Teutônia (nove), Encantado (seis), Cruzeiro do Sul (cinco), Estrela (cinco), Paverama (quatro), Taquari (quatro), Roca Sales (quatro), Bom Retiro do Sul (três), Muçum (dois), Arvorezinha (um), Fazenda Vilanova (um), Travesseiro (um), Vespasiano Corrêa (um) Marques de Souza e Pouso Novo (um).

Texto: Gabriela Hautrive
producao@independente.com.br

3 Comentários

  1. Entendo a dor das famílias, cada vida que se perde e irreparável.
    Mas olhando os números, pensando friamente, será que toda essas medidas são de fato necessárias, penso que muito mais óbitos ocorrem por inúmeras doenças, que por culpa das restrições acabam não sendo tratadas corretamente.
    Algo para se pensar.

    • Penso da mesmo forma. Ainda que temos um numero baixo de óbitos de jovens. A maioria são terceira idade e com problemas de saude de mais tempo. O virus existe e precisamos cuidado, mas quase não se vê óbitos por outras doenças ou fatalidades

  2. Penso da mesmo forma. Ainda que temos um numero baixo de óbitos de jovens. A maioria são terceira idade e com problemas de saude de mais tempo. O virus existe e precisamos cuidado, mas quase não se vê óbitos por outras doenças ou fatalidades

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Por favor, coloque o seu nome aqui