Com o carro na oficina, teutoniense faz o trajeto entre Teutônia a Lajeado de bicicleta

"Levo 2h30 para ir trabalhar, mas seria pior se não tivesse a bicicleta", fala Vantuir Schossler


1
Foto: Joel Alves

Morador do Bairro Canabarro, em Teutônia, Vanduir Schossler, de 50 anos, trabalha de pedreiro no Bairro Olarias, em Lajeado. Há um mês com o carro na oficina, ele está fazendo de bicicleta o trajeto de 42 quilômetros entre Teutônia e Lajeado.


ouça a reportagem

 


Na manhã desta terça-feira (26), Schossler saiu de casa às 4h32 para chegar ao local de trabalho antes das 7h. Mesmo com a leve chuva que havia logo cedo, ele não pensou duas vezes antes de sair de casa. “Levo 2h30 para ir trabalhar, mas seria pior se não tivesse a bicicleta”, salienta ele.

Sempre sorridente, Schossler fala das dificuldades que já passou na vida. “Há 15 anos que larguei a bebida. Desde então, passei a ver a vida de maneira diferente, não reclamo mais, só agradeço pelo que tenho”, diz ele.

Texto: Joel Alves

1 comentário

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Por favor, coloque o seu nome aqui